iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/06 - 21:17

Naútico acusa Kléber de violento. Palmeirense se defende.
Expulso pela segunda vez no Campeonato Brasileiro (a primeira foi contra o Atlético-PR), o atacante Kléber deixou o Palestra Itália neste domingo, após o jogo contra o Náutico, como o centro das atenções, mesmo sem ter marcado gols.

Gazeta Esportiva

Para os jogadores do Náutico, o camisa 30 do Verdão foi o grande vilão da partida deste domingo. Alceu, Geraldo e Ruy deixaram o campo reclamando muito da maneira de como o jogador palmeirense se comportou.

“Eu não o conheço pessoalmente e prefiro não o taxar de mau-caráter, mas levei uma cotovelada, o Everaldo levou uma cusparada e o Eduardo deixou o campo machucado depois de uma dividida com ele”, enumerou Ruy, o lateral-direito do Timbu.

Ao tomar ciência das reclamações dos jogadores pernambucanos, Kléber se defendeu e contra-atacou: “Os caras querem encontrar pela frente um jogador que se intimide com isso, mas não adianta falar que vai me pegar, me quebrar, não adianta. O Alceu falou isso o tempo todo, mas eu o conheço desde juvenil. Nunca perdi para ele e avisei que hoje (domingo) também não iria perder. Ele ficou nervoso”, revelou.

Sobre a suposta cusparada em Everaldo e a dura entrada no goleiro Eduardo, Kléber foi direto: “Estou achando estranho, pois o Everaldo até quis apostar cestas básicas comigo durante o jogo, falando que eu não passaria mais por ele. Se eu dei (a cusparada), as câmeras irão mostrar. Eu tomei dois socos do Alceu e fiquei quieto”, disparou.

“Eu sou um jogador que luto muito pela bola e uso o corpo. Teve um lance em que eu poderia ter evitado a dividida com o goleiro, mas não deu. Fui lá e pedi desculpas para ele, mas não o machuquei”, completou, citando o lance com o goleiro Eduardo.

Questionado se teme ficar taxado como um jogador violento após receber seu segundo cartão vermelho em oito rodadas do Brasileirão, Kléber mostrou-se tranqüilo: “Não tenho medo de nada. Estou tranqüilo e vou seguir o meu trabalho”, finalizou.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo