iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/06 - 18:47

Furacão sente empate com gosto de derrota
Depois de perder um jogador em campo, o Atlético Paranaense conseguiu abrir o placar diante do Coritiba, alegrando a torcida que lotou a Arena da Baixada. Porém, aos 42 minutos, Marcos Tamandaré, com um gol de cabeça, calou o estádio e deu ao Furacão o gosto de derrota, mesmo com o 1 a 1.

Gazeta Esportiva

Para o volante Alan Bahia, autor do gol atleticano, o time falhou e deixou o resultado fugir das mãos. “Vacilamos, tomamos um gol no final do jogo que não pode tomar. É o lance que a gente mais treina. O professor (Roberto Fernandes) treina bola parada no dia-a dia. Esse empate tem gosto de derrota”, disse.

O lateral Nei também lamentou o resultado. Autor de uma das jogadas mais espetaculares do jogo, com uma arrancada de seu campo que culminou no pênalti e na expulsão de do zagueiro Maurício, o jogador desabafou sobre o terceiro empate na Arena na competição, deixando o time longe dos 100% de aproveitamento planejado.

“Se eu faço o gol, seria uma felicidade. Mas o importante é fazer o gol”, avaliou o lateral, que também ficou chateado com os pontos perdidos em casa. “Mas, infelizmente tomamos um gol no final que não poderia acontecer. São mais dois pontos perdido. Tem que parar de perder pontos em casa”, finalizou.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo