iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/06 - 09:26

Fluminense e Botafogo fazem clássico por reabilitação
Com um mau início de Campeonato Brasileiro, Fluminense e Botafogo se enfrentam neste domingo, às 18h20 (de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), buscando a reabilitação na oitava rodada, já que sofreram derrotas no fim de semana passado. O Alvinegro, que soma sete pontos, caiu por 1 a 0 diante da Portuguesa em pleno Engenhão e quer se distanciar da zona de rebaixamento.

Gazeta Esportiva

O Tricolor vive situação mais delicada, pois tem dois pontos e segue segurando a lanterna. No sábado passado, foi derrotado por 2 a 1 pelo Coritiba e mesmo assim mandará a campo um time misto neste clássico, já que a prioridade é o confronto de quarta-feira contra a Liga Deportiva Universitária (LDU), do Equador, pela decisão da Copa Libertadores.

Se depender do histórico das duas equipes na temporada, o Botafogo já pode comemorar, pois ganhou os três encontros com o Tricolor em 2008, todos pelo Campeonato Carioca. Triunfo por 2 a 0 nas semifinais da Taça Guanabara, primeiro turno, 1 a 0 na final da Taça Rio, segundo turno, além de um 3 a 1 na fase de classificação.

Renato Gaúcho, técnico do Fluminense, não perdeu a oportunidade de jogar a responsabilidade nas costas do Botafogo, a quem apontou como favorito absoluto do duelo deste domingo.

'O Fluminense ainda não mostrou as suas armas no Campeonato Brasileiro, porque está focado na disputa da Copa Libertadores. Nossos rivais já se mostraram. Entro tranqüilo para este jogo mesmo sendo um clássico, pois a responsabilidade de vitória é toda do Botafogo', disse Renato Gaúcho.

O argumento de Renato Gaúcho foi rapidamente rebatido pelo técnico Geninho. Para ele, o grau de dificuldade do Alvinegro na partida será grande, independentemente de o adversário estar com os reservas.

'Não existe jogo ganho antes de entrar em campo. O Fluminense pode entrar em campo com um time misto, mas tem um grupo qualificado e com obrigação para com a sua diretoria', afirmou Geninho.

Nesse ponto os dois treinadores concordam, já que o fato de escalar seus reservas não significa, no ponto de vista de Renato Gaúcho, que o Fluminense não tenha chances de vitória.

'A garotada que vai a campo está focada apenas no Campeonato Brasileiro e vai fazer de tudo para conquistar os três pontos. Eles querem mostrar serviço e por isso confio em uma boa atuação, principalmente porque a maior responsabilidade é do nosso adversário', disse Renato.

Para Geninho a responsabilidade do Botafogo não está nos reservas do adversário e sim nos tropeços recentes no Campeonato Brasileiro. 'Precisamos de uma pronta recuperação do time no Brasileiro. Esse clássico é importante, mas não classifico como um jogo especial. Já perdemos duas vezes seguidas e seria muito ruim perder a terceira e, desta forma, permanecer na parte inferior da tabela de classificação', disse.

Para este jogo Geninho não terá o atacante Jorge Henrique, que recebeu o terceiro cartão amarelo na derrota para a Portuguesa. O volante Diguinho, que volta de suspensão, fica com a vaga, com o meia Carlos Alberto sendo adiantado para atuar no ataque.

No Fluminense, um time recheado de reservas, cujo principal destaque é o atacante Dodô, que já vem dando sinais de que não está gostando do banco.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE x BOTAFOGO


Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 29 de junho de 2008 (Domingo)
Horário: 18h20 (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Gaciba (Fifa-RS)
Assistentes: Dibert Moises (Fifa-RJ) e Cláudio José de Oliveira (RJ)

FLUMINENSE: Fernando Henrique; Rafael, Sandro, Anderson e Uendel; Fabinho, Romeu, Maurício e David; Tartá e Dodô
Técnico: Renato Gaúcho

BOTAFOGO: Castillo; Alessandro, Renato Silva, Frerrero e Triguinho; Leandro Guerreiro, Túlio, Diguinho e Lucio Flavio; Carlos Alberto e Wellington Paulista
Técnico: Geninho

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo