iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/06 - 18:12

Atletiba emocionante termina empatado na Arena
O Atlético Paranaense e Coritiba empataram por 1 a 1 na Arena da Baixada em uma partida bastante movimentada, com direito a uma expulsão para cada lado, gols anulados e dois gols no final da partida. Com o resultado, o time Rubro-Negro chegou aos nove pontos ganhos, mas com mais um tropeço em casa.

Gazeta Esportiva

Já o Alviverde agora tem dez pontos ganhos.

No primeiro tempo, o Furacão dominou a partida, mas deu espaço para os contra-ataques. Tanto que a melhor chance foi de Michel que, cara-a-cara com Gallato, perdeu um gol incrível aos 18 minutos. Na segunda etapa, o Coxa teve um jogador a mais depois da expulsão de Valencia. Mas Maurício fez pênalti em Nei e Alan Bahia não perdoou, aos 37 minutos.

Porém, a partida ainda prometia emoção e o Coxa não desistiu de jogar e foi para o ataque. Aos 41 minutos depois de cobrança de escanteio, Marcos Tamandaré apareceu na segunda trave para desviar para o fundo das redes e garantir um ponto na casa do adversário, embora não tenha batido o tabu de não vencer ali no Brasileirão desde 2001.

Na próxima rodada, o Atlético Paranaense, depois de três tropeços, recebe o Santos, sábado, novamente na Arena da Baixada. Já o Coritiba, enfrenta o Internacional, domingo, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

O jogo – Cauteloso, o time coxa-branca começou a partida tocando a bola e tentando parar a empolgação do adversário, empolgado pelo torcedor. Os primeiros minutos foram de domínio rubro-negro que, no entanto, esbarrava em uma forte marcação, que deixava o jogo truncado. O primeiro chute veio apenas aos cinco minutos, com Márcio Azevedo que bateu na rede pelo lado de fora.

Aos pouco o Alviverde se aproximava da área adversária. Aos 10 minutos, Ricardinho cobrou falta, mas a bola subiu demais. Na resposta, aos 14 minutos, Netinho deixou o lateral para trás e cruzou na área para Maurício afastar pela linha de fundo. Aos 16 minutos Carlinho Paraíba bateu falta da intermediária e a bola assustou.

Um lance incrível aos 18 minutos. Michael recebeu lançamento de Jéci e livre, na frente de Gallato, apenas recuou, sem explicação. Em tarde inspirada, o lateral-esquerdo Márcio Azevedo era o principal homem do Furacão, mas a zaga do Coritiba conseguia afastar seus cruzamentos. Aos 28 minutos, Paraíba cobrou falta, mas sem problemas para Gallato.

O ritmo do jogo caiu um pouco, com muitas faltas paralisando a partida. Aos 37 minutos, Netinho cobrou falta na lateral da área e tentou surpreender o goleiro Edson Bastos, que tocou para escanteio. Após a cobrança, muita confusão na área e a zaga salvou em cima da linha depois que a bola ainda tocou na trave. Aos 42 minutos, Netinho cobrou falta e o camisa 1 coxa-branca fez grande defesa.

Na segunda etapa, os dois times voltaram com alterações, buscando a vitória. Aos cinco minutos, Cadu tentou tabelar com Michael na área, mas Antonio Carlos apareceu para afastar. O jogo, no entanto, voltou mais truncado. Aos 10 minutos, Netinho arriscou da intermediária e Edson Bastos não conseguiu segura, tirando com o peito.

O Coxa conseguiu balançar as redes aos 11 minutos, com Michael, mas o árbitro anulou o lance marcando impedimento. No lance seguinte foi a vez do Furacão marcar com Marcelo Ramos, mas novamente a irregularidade foi marcada. Aos 17 minutos Carlinhos Paraíba cobrou falta e Galatto se esticou para desviar para fora. Na cobrança de escanteio. Maurício cabeceou e o goleiro atleticano salvou.

O Coritiba tinha domínio no segundo tempo e arriscava de longe. Aos 24 minutos, Mancha bateu de fora da área, mas alto demais. Aos 30 minutos, Paraíba cobrou falta e mais uma vez Gallato fez boa defesa. No lance seguinte, Valencia recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Aos 35 minutos, no entanto, Nei foi derrubado e o árbitro marcou o pênalti e expulsou Maurício. Na cobrança, Alan Bahia mandou para o fundo do gol.

Porém, o Coxa não desistiu da partida e foi para o ataque. Aos 41 minutos depois de cobrança de escanteio, Marcos Tamandaré apareceu na segunda trave para desviar para o fundo das redes. Aos 45 minutos, Leandro Donizete cruzou na área e ninguém conseguiu completar para o gol.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo