iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/06 - 09:21

Após dois anos, Atletiba volta a agitar o Brasileirão
Nos últimos dois anos, devido à passagem do Coritiba pela Série B, o Campeonato Brasileiro não teve Atletiba. Mas a história volta a ganhar um novo capítulo neste domingo, às 16 horas (de Brasília), quando o Atlético Paranaense recebe o maior rival na Arena da Baixada, em busca de reabilitação na Série A.

Gazeta Esportiva

Será o primeiro encontro dos times após a decisão do Estadual, que ficou nas mãos do Coxa. O técnico Roberto Fernandes, no entanto, não quer saber de vingança, até porque não estava no comando do time na época. Porém, exige uma vitória em casa para não se perder na classificação da competição.

'Temos que encaixar bem o nosso esquema e ter um pouco mais de concentração”, afirmou treinador rubro-negro, que sabe que uma vitória em clássico dá moral. “Agora, teremos um clássico pela frente e pela grandeza do Atlético precisamos de uma vitória, já que a equipe vem de dois resultados negativos', completou.

No time, o meia Netinho, que se recupera de uma lesão nas costas, não foi confirmado, mas poderá ficar como opção no banco. Se essa for a opção, William continua como titular, no ousado esquema com três atacantes. O lateral Márcio Azevedo é outro que ganhou uma vaga, mesmo sem poder apoiar como gosta. Pelo outro lado, Nei, que serviu a seleção olímpica, está de volta.

Pelo Coritiba, a maior dúvida estava no ataque. Sem poder contar com Hugo, que recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Fluminense, o técnico Dorival Junior gostaria de ter Keirrison, mas deve poupá-lo, já que não está 100% após uma lesão na coxa. O mistério sobre sua entrada ou não, no entanto, ficou para os últimos momentos.

“É um atleta que tem uma recuperação rápida e esperamos contar com ele. Seria importante tê-lo, mas não vamos nos precipitar se ele não tiver condições”, avaliou o comandante coxa-branca, que deve contar com o jovem artilheiro na próxima rodada. “Quando ele se sentir tranqüilo e confiante vai fazer parte do grupo”, afirmou.

Com isso, quem fica com a vaga é Cadu, que fará sua estréia como titular e espera dar sorte no clássico. “É um jogo de detalhes. É um clássico, sempre prioriza passe de bolas, passes errados e quem errar menos vai sair com um bom resultado. Nós vamos jogar dentro do campo do Atlético-PR, e é um jogo difícil. Mas para quem se prepara não tem nada difícil”, concluiu.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR x CORITIBA

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 29 de junho de 2008, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Paulo Cesar Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Gilson Bento Coutinho (PR)

ATLÉTICO-PR: Gallato; Nei, Antônio Carlos, Rhodolfo e Márcio Azevedo; Valencia, Alan Bahia, e Ferreira; William, Julio César e Marcelo Ramos.
Técnico: Roberto Fernandes

CORITIBA: Édson Bastos, Maurício, Jéci e Nenê; Alex Silva, Rodrigo Mancha, Leandro Donizete, Carlinhos Paraíba e Ricardinho; Michael (Marlos) e Cadu (Keirrison).
Técnico: Dorival Júnior

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo