iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

28/06 - 21:55

Cuca elogia equilíbrio santista e minimiza erros de arbitragem
Se esteve longe de ser brilhante, o Santos, ao menos, foi um time equilibrado no empate sem gols diante da Portuguesa, na noite deste sábado, no Canindé. Essa foi a análise do técnico Cuca, que completou seu terceiro jogo à frente da equipe e ainda não conseguiu uma vitória sequer.

Gazeta Esportiva

“Eu acho que hoje (sábado), mais do que o ponto conquistado, temos que destacar o comportamento do time durante todo o jogo. O Santos foi equilibrado do início ao fim”, elogiou o comandante, que considerou justa a igualdade no marcador.

“A Portuguesa teve o gol questionado e outras duas chances em erros nossos, enquanto nós arriscamos chutes de longa distância e alguns cruzamentos do Kléber. Foi um jogo igual e, se não foi o resultado esperado, ao menos fomos equilibrados”, repetiu.

Cuca acredita que o ponto conquistado diante de um time que vinha de três vitórias consecutivas poderá ajudar a equipe santista a recuperar a auto-estima na competição. “A derrota em casa para o Goiás, da forma que ocorreu (4 a 0), nos fez perder a auto-estima, mas acredito que esse ponto já resgate alguma coisa”, opinou.

Sem choradeira: O treinador do time praiano aproveitou também para dar uma cutucada no colega Vágner Benazzi, que deixou o estádio do Canindé reclamando bastante da atuação do árbitro gaúcho Carlos Eugênio Simon.

“O Benazzi questionou o gol, mas no último lance do jogo (chute de Diogo, bem defendido por Fábio Costa), houve falta no Fabão e o árbitro não marcou nada. Eu não jogaria o peso do empate nas costas da arbitragem”, concluiu.

Leia também:
Benazzi deixa o Canindé na broca com a arbitragem

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo