iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

28/06 - 18:10

ABC surpreende Fortaleza no Castelão e cola no G-4
O ABC derrubou a invencibilidade do Fortaleza em casa na Série B. Na tarde deste sábado, a equipe potiguar superou o Leão por 3 a 2 em pleno estádio do Castelão e se aproximou da zona de classificação à primeira divisão, assumindo a sexta posição com 12 pontos, a três do Juventude, primeiro time no G-4.

Gazeta Esportiva


Já o Leão, que antes de encarar o ABC havia obtido duas goleadas e um empate em casa, permaneceu com nove pontos e caiu para a 12ª colocação com o resultado negativo no jogo que marcou a estréia do técnico Luiz Carlos Barbieri. Na próxima rodada, o time cearense tenta a reação contra o Vila Nova, novamente no Castelão, na sexta-feira. No dia seguinte, o ABC recebe o Ceará no Frasqueirão.

Jogando em casa, o Fortaleza tomou iniciativa e partiu para cima no começo do jogo, apostando principalmente nas jogadas aéreas. A primeira finalização saiu aos seis minutos, mas Simão bateu fraquinho e facilitou para Paulo Musse. Aos dez, o time potiguar chegou pela primeira vez com perigo: Alysson cobrou falta e assustou Tiago Cardoso.

O jogo seguiu movimentado, com o Leão com maior posse de bola, mas falhando na frente, e o ABC apostando nos contra-ataques. E foi assim que os visitantes abriram o placar, aos 18. Retornando após ser barrado por problemas extracampo, o meia Rodriguinho partiu em velocidade e tocou para Alexandre, que só desviou para Alysson tocar por cima do goleiro. A bola ainda tocou no travessão antes de morrer no fundo das redes.

Nervoso, o Fortaleza não conseguiu reagir após levar o gol. Aos 22 , Rômulo tomou amarelo por reclamar acintosamente com a arbitragem. Três minutos depois, quase o ABC ampliou: Alexandre fez bela jogada pela direita e arriscou. Tiago Cardoso espalmou e a bola bateu na trave. Depois do susto, o time cearense se recompôs em campo, mas não conseguiu chances efetivas de gol e desceu para o intervalo em desvantagem.

No segundo tempo, porém, os donos da casa voltaram bem mais perigosos. Logo aos cinco minutos, o zagueiro Romário desviou de cabeça e quase deixou tudo igual no marcador. Aos oito, Osvaldo, que entrara no lugar de Gilberto no intervalo, bateu no canto e exigiu boa defesa de Paulo Musse. Pouco depois, o estreante Barbieri decidiu fazer sua segunda mudança, escalando Raul no lugar do apagado Lúcio.

Pelo lado do ABC, Ferdinando Teixeira também decidiu mudar, substituindo Serginho por Ivan. Logo em seguida, quase o Alvinegro ampliou, com Tiago Cardoso salvando cabeçada de Glauco. Aos 23 minutos, porém, não deu para o goleiro do Leão. Pouco depois de entrar, Ivan aproveitou falha da defesa mandante, invadiu forte e bateu forte de pé direito: 2 a 0 ABC.

Após o novo tento, os anfitriões lançaram-se desesperadamente ao ataque. Aos 25, Osvaldo perdeu chance incrível ao bater por cima do gol potiguar após bate-rebate dentro da área. Para evitar a estréia com derrota, Barbieri tornou o Leão ainda mais ofensivo, colocando Léo Jaime no lugar de Leandro. O time, contudo, se mostrou nervoso, abusando dos cruzamentos na área, todos neutralizados pela defesa alvinegra.

Aos 38 minutos, no entanto, os donos da casa deram esperança para sua torcida no Castelão, justamente na jogada aérea. Osvaldo desviou de cabeça, Paulo Musse espalmou e Raul empurrou para o gol vazio no rebote. A alegria, porém, durou pouco. Aos 43, Simão cometeu pênalti em Adelmo e recebe o cartão vermelho. Na cobrança, Panda marca o terceiro para o ABC.

Mesmo com um a menos, o Fortaleza não desistiu. Logo aos 44, Raul fez linda jogada, arriscou da entrada da área e descontou para o time mandante. O árbitro assinalou quatro minutos de acréscimo e o Leão se lançou ao ataque. Na última chance da partida, Raul teve nos pés a chance de virar o herói tricolor, mas cobrou falta para fora.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo