iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/06 - 15:59

Brasileiro Marcos Senna se torna peça indiscutível na seleção espanhola
O volante brasileiro Marcos Senna se transformou em uma peça indiscutível na seleção espanhola, na qual tem papel fundamental, parecido com o que tinha Mazinho na conquista do tetracampeonato brasileiro, em 1994, nos Estados Unidos.

EFE

VIENA (Áustria) - O brasileiro tem ordem do técnico Luis Aragonés para não passar do meio-campo e ser o escudeiro da zaga, assim como o próprio Mazinho, que também trabalhou com treinador espanhol, mas no Valencia.

Apesar de ter jogado apenas uma partida pela Espanha durante a fase de classificação, Marcos Senna, que já esteve com Luis Aragonés na Copa da Alemanha, em 2006, foi convocado para a Eurocopa como substituto de David Albelda, que teve problemas com seu clube, o Valencia, o que o afastou da seleção.

"Se quiser jogar na seleção, obtenha o passaporte espanhol", disse Aragonés ao brasileiro, de 31 anos, em 2006, para poder levá-lo ao Mundial daquele ano.

Assim, Senna conseguiu a cidadania espanhola quatro anos após ter se transferido do São Caetano para o Villareal.

O jogador dá ajuda ao quarteto defensivo, atua quase com um quinto defensor na hora de roubar bolas. Por isso, tornou-se fundamental para o esquema de Aragonés durante a Eurocopa, onde o jogador explodiu e fez belas partidas contra Itália, nas quartas-de-final, e Rússia, na semifinal.

Senna também teve grande destaque no último Campeonato Espanhol, e foi de grande importância para o vice-campeonato nacional do Villareal. 

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo