iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

26/06 - 12:27

Turquia quer manter Fatih Terim como técnico até a Copa de 2010
Um dia depois de dar adeus à Eurocopa, a federação turca de futebol anunciou a intenção de manter o técnico Fatih Terim no cargo até a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul

EFE

Hassan Dogan, presidente da federação turca de futebol, disse em Istambul que quer continuar trabalhando com Terim até o Mundial, afirmando que já iniciou negociações para contar com ele.

No entanto, o técnico não parece estar disposto a continuar à frente da seleção e prefere treinar um clube.

"Estou orgulhoso de vocês, assim como toda a nação. Gostaria de continuar, mas parece que nossos caminhos vão se separar", teria dito Terim no vestiário após a derrota de 3 a 2 diante dos alemães, pelas quartas-de-final, segundo a imprensa esportiva turca.

Ainda de acordo com os jornais do país, o treinador pode se transferir para Napoli ou Sampdoria, ambos da Itália, na próxima temporada.

Dogan disse hoje que já conversou com Terim sobre sua permanência à frente da seleção.

"Encontrar profissionais como ele não é fácil. Para um técnico turco, a seleção é o máximo. Terim compartilha este sentimento. Ele não entregou o cargo, tentaremos convencê-lo a permanecer conosco", afirmou o presidente da federação turca.

O ministro turco do Esporte, Murat Baseskioglu, pedirá a Terim que reconsidere a decisão de deixar a seleção. "Queremos ir à Copa de 2010 com ele", comentou o ministro.

Os integrantes da equipe turca foram recebidos hoje em Istambul por milhares de torcedores como heróis. Muitos torcedores carregavam bandeiras turcas e também cartazes com as palavras "Terim, não nos abandone".

A imprensa do país também exaltou a bela campanha na Eurocopa.

Manchetes como "Bravo meninos", "Uma incrível despedida" e "Vocês são vencedores" tomaram conta das publicações nesta quinta.

Ainda segundo a imprensa, o jogo de ontem à noite foi definido como "a partida em que os turcos jogaram, mas que os alemães venceram".

Os jornais lembraram ainda o fato de a equipe ter lutado mesmo estando bastante desfalcada - nove atletas não tinham condições de atuar.

O goleiro Rustu Recber, que assumiu o posto de titular pela suspensão de Volkan e falhou no segundo gol da Alemanha, anunciou também sua despedida da seleção.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo