iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

26/06 - 16:57

Presidente do River Plate não garante permanência de Ortega
O presidente do River Plate, José María Aguilar, não confirmou a permanência do atacante Ariel Ortega, que domingo anunciou que sairia do clube por desavenças com o técnico Diego Simeone.

EFE

BUENOS AIRES (Argentina) - "Dependerá da vontade dele, do compromisso que assumir e da conversa que tiver comigo, a comissão técnica e seus companheiros", comentou Aguilar em declarações a uma rádio local.

A polêmica entre Ortega e Simeone veio à tona no domingo, quando o jogador disse para a imprensa que sairia do River "por culpa da comissão técnica".

Ele deu as declarações pouco depois de ser cortado da lista de relacionados para o jogo com o Banfield, pela última rodada do Torneio Clausura do Campeonato Argentino e que fez parte da festa das comemorações pelo título.

Ortega luta contra o alcoolismo há alguns anos e nesta temporada faltou a diversos treinamentos - inclusive, teria chegado "em más condições" ao último trabalho, no sábado. No entanto, o jogador negou que sua saída esteja relacionada a uma nova recaída.

O jogador, de 34 anos, é considerado ídolo do clube que o revelou, que voltou a defender desde 2006.

O presidente do clube afirmou hoje que o River tem "muito carinho" por Ortega e disse que reunirá com ele na semana que vem para decidir seu futuro.

"Ele é uma figura emblemática para todos dentro do River, importante para o treinador e peça-chave no esquema do treinador.

Além disso, é patrimônio do clube", comentou Aguilar.

Porém, o dirigente se reuniu nas últimas horas com Simeone e ratificou o poder de decisão do treinador para incluir ou excluir Ortega da equipe, segundo as circunstâncias - mas a imprensa esportiva de Buenos Aires disse que o técnico espera um pedido de desculpas do atacante.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo