iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

26/06 - 16:53

Não dependemos só do Wellington, diz Ticão
No dia em que o atacante Wellington não apareceu para os treinos, vítima de uma forte virose, de acordo com a diretoria do Náutico, o volante Ticão afirmou que a equipe não possui uma dependência do matador.

Gazeta Esportiva

Embora o atacante tenha sido decisivo nos últimos jogos, seu companheiro crê que o restante do elenco dê conta do recado em uma possível ausência.

“No jogo contra o Atlético/MG, eu tive uma chance, Helton, Warley, Geraldo, Ruy. Nós criamos muitas chances e não dependemos apenas do jogo aéreo do Wellington ou da parede que ele faz”, explicou Ticão.

Se as boas chances foram desperdiçadas pelo restante do elenco, Wellington não cometeu o mesmo erro: fez o gol da vitória sobre o Galo mineiro e empatou a partida contra o Vasco, salvando da derrota. É o artilheiro do Náutico no Brasileirão, com quatro gols. Por isso, Ticão também reconhece o bom momento do colega.

“Nosso time tem uma válvula de escape, outras saídas. Nós não dependemos só do Wellington. Claro, ele tem sido o nosso matador, a nossa referência. Ele tem tido uma oportunidade nós jogos e tem feito o gol”, afirmou o marcador.

Caso o artilheiro não se recupere da virose a tempo de disputar o próximo jogo, ficará a cargo de Ticão e do restante do elenco provar que dá conta do recado no domingo, quando o time pernambucano enfrenta o Palmeiras, pela oitava rodada do Brasileirão. A partida acontece no Estádio Palestra Itália, às 18h20 (de Brasília).


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo