iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

26/06 - 08:26

Corintianos culpam gramado e retranca rival por empate
Os jogadores do Corinthians encontraram várias desculpas para o segundo tropeço seguido na Série B. Apesar de continuar invicto após oito rodadas, já são duas partidas sem vitória - empates contra a Ponte Preta e Bragantino, na quarta-feira, ambas por 1 a 1

Agência Estado

O capitão William, que retornou ao time em Ribeirão Preto após cumprir suspensão, reclamou do gramado do estádio Santa Cruz. O jogo foi em Ribeirão porque o gramado do Marcelo Stéfani, em Bragança Paulista, continua sendo reformado.

"O torcedor não gostou do que viu porque o gramado daqui é ridículo. Você vê jogos à tarde na Eurocopa, aqueles gramados lindos, e isso aqui está assim. E eles marcando forte complicam mais", afirmou.

Dentinho, que não fez nem um gol sequer no campeonato até o momento, reclamou da postura defensiva do rival. "Eles bateram muito. Fizeram cera, seguraram a bola. Sabíamos que seria assim na Série B, mas algumas vezes isso irrita demais."

Para o artilheiro do time na temporada, o argentino Herrera, (que passou em branco, não há time imbatível e, por isso, o Corinthians não vai vencer todos os jogos na Segunda Divisão.

"A seleção brasileira perde jogos, o Manchester United perde, o Milan perde. Esse time teve algumas mudanças com relação ao elenco que jogava a Copa do Brasil e vai entrosar. Agora, não podemos relaxar", avaliou Herrera, que se referiu às entradas de Douglas, Elias e Wellington Saci.

O treinador Mano Menezes desdenhou daqueles que consideram a Série B uma competição fácil. "Não fui eu quem deu a falsa idéia de que a Série B é fácil. Vencemos os primeiros seis jogos, mas é isso. Jogo duro, marcado, não vamos vencer todas as partidas", disse. "O campo realmente não ajudou porque somos um time que toca mais a bola".

Ele explicou que colocou André Santos no meio para tirar a atenção do rival em Douglas. "Tivemos dificuldade na armação. O time errou passes que não deveria, mas isso pode ser corrigido em treinamentos. O grupo está em transição porque estamos utilizando jogadores que não estavam no início do ano."

A delegação retorna nesta quinta a São Paulo e treina no Parque São Jorge. O próximo duelo será no dia 5 de julho contra o São Caetano, no estádio do Pacaembu.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo