iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/06 - 17:54

Alemanha vence, encerra sonho turco e se garante na decisão

Phillip Lahm marcou o gol da vitória alemã aos 45 minutos do segundo tempo

Gazeta Esportiva

A Turquia bem que tentou mais uma reação histórica, mas não conseguiu sua vaga na final da Eurocopa de 2008. Nesta quarta-feira, a Alemanha se garantiu como a primeira classificada para a decisão do torneio graças a uma vitória por 3 a 2 no final da partida contra os turcos, realizada na Basiléia e válida pelas semifinais da competição.

Os comandados de Fatih Terim chegaram a sufocar os alemães, tricampeões da Euro. No primeiro tempo, os germânicos precisaram segurar as diversas oportunidades dos surpreendentes rivais, que não conseguiram aproveitar e conseguiram apenas o empate. No segundo tempo, porém, a Alemanha se aproveitou da queda de rendimento da Turquia e voltou a atacar. Acabou conseguindo a vitória nos minutos finais.

Para a surpresa dos alemães, foram os turcos quem começaram a partida pressionando. Depois de boa chance do inglês naturalizado Kazim Kazim aos seis minutos, e de uma falha de Lahm que Lehmann consertou aos sete, a Turquia chegou a assustar com perigo. Aos 12 minutos, o mesmo Kazim Kazim recebeu na área e acertou uma pancada no travessão, que a zaga alemã precisou se virar para afastar da área no rebote.

A Alemanha pressionou em contra-ataques, mas acabou sofrendo o gol aos 21 minutos, após cruzamento que Kazim Kazim desviou para o travessão – na sobra, Ugur Boral errou o chute, mas mandou por baixo de Lehmann. No entanto, os germânicos diminuíram o sufoco e empataram quatro minutos mais tarde, em bola que Schweinsteiger desviou para o gol após cruzamento de Podolski pela esquerda.

Mas o gol não melhorou a situação dos germânicos, que viram Sabri ameaçar Lehmann com cabeçada aos 29 minutos. Os comandados de Fatih Terim, aliás, tiveram três boas chances desperdiçadas. Aos 31, Altintop cruzou falta fechada e viu a bola ser desviada por Lehman. Depois, aos 37, Topal encheu o pé pela direita e ficou no rebote do goleiro. Por fim, Sabri mandou por cima aos 41 minutos. Podolski ainda tentou em bom contra-ataque pela esquerda aos 33 minutos, mas também bateu por cima do gol de Rustu.

Após o intervalo, porém, o ritmo turco caiu, e a partida ficou mais equilibrada. Melhor para os alemães, que quase conseguiram um pênalti aos cinco minutos, em falta de Sabri sobre Lahm na entrada da área que o árbitro Massimo Busacca não marca. Quatro minutos mais tarde, Hitzlsperger recebe passe pela esquerda na entrada da área, mas a batida foi por cima do travessão de Rustu. O mesmo Hitzlsperger teve boa chance aos 27, mas a cabeçada passou apenas perto da trave direita do goleiro Rustu.

A queda de produção acabou custando caro aos turcos, que sofreram a virada. Aos 34 minutos, Lahm cruzou e Klose cabeceou, colocando os comandados de Joachim Löw em vantagem. A Turquia ainda voltou a surpreender e conseguiu mais uma reação heróica, empatando com Senturk em um desvio precioso aos 41 minutos. No entanto, com o empate quase certo, Lahm aproveitou o passe de Hitzlsperger na esquerda, entrou na área e bateu para o gol, marcando o terceiro e selando a vitória.

O resultado recolocou os alemães na final da Euro pela primeira vez desde 1996, quando foram campeões ao eliminarem a Inglaterra nas semifinais e baterem a República Tcheca na decisão. Agora, para conquistarem o quarto troféu da competição continental, a Alemanha precisa vencer o duelo entre Rússia e Espanha, que fazem a outra semifinal nesta quinta-feira, às 15h45 (horário de Brasília).

 

FICHA TÉCNICA
ALEMANHA 3 X 2 TURQUIA

Local: Estádio St. Jakob-Park, em Basiléia (SUI)
Data: 25 de junho de 2008, quarta-feira
Horário: 15h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Massimo Busacca (SUI)
Assistentes: Matthias Arnet (SUI) e Stéphane Cuhat (SUI)
Cartões amarelos: Senturk (TUR)
Gols: ALEMANHA: Schweinsteiger, aos 25 do primeiro tempo, Klose, aos 34 do segundo tempo, e Lahm, aos 44 do segundo tempo. TURQUIA: Ugur Boral, aos 21 do primeiro tempo, e Senturk, aos 41 do segundo tempo

ALEMANHA: Lehmann; Friedrich, Mertesacker, Metzelder e Lahm; Hitzlsperger, Rolfes (Frings), Schweinsteiger e Ballack; Podolski e Klose (Jansen)
Técnico: Joachim Löw

TURQUIA: Rüstü; Sabri, Mehmet Topal, Gökhan Zan e Hakan Balta; Kazim Kazim (Tumer Metin), Mehmet Aurélio, Hamit Altintop, Ayhan Akman (Erding) e Ugur Boral (Karadeniz); Sentürk
Técnico: Fatih Terim


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo