iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/06 - 10:02

Rússia se preocupa em não repetir os erros da estréia
O primeiro jogo da Rússia na Eurocopa frustrou os torcedores do país. Em Innsbruck, o time de Guus Hiddink caiu por 4 a 1 contra a Espanha

Gazeta Esportiva

Na seqüencia do torneio, porém, a equipe mostrou poder de reação ao bater Grécia e Suécia na primeira fase e eliminar a então favorita Holanda nas quartas. Agora na semifinal do torneio, novamente os espanhóis aparecem no caminho.

Os jogadores russos, no entanto, garantem que tiraram lições da goleada na estréia e descartam o clima de revanche. ''Eu não quero vingança, só quero vencer'', disse Sergei Semak, capitão do time, ao site da Euro, acrescentando que não escolheu o melhor adversário para a semi. ''Pouco importava se fosse a Espanha ou a Itália, o mais importante é que se trata de uma semifinal'', afirmou.

Semak ainda lembrou a razão do revés no primeiro duelo com a Fúria. ''A principal razão teve a ver com erros individuais e é claro que, quando chegaram ao 2 a 0, tudo ficou mais fácil para eles e jogaram mais tranquilos'', recordou, garantindo que a seleção se recuperou do desgaste da prorrogação contra a Holanda nas quartas. “A nossa condição física é boa e o moral também”, pontuou.

Assim como o capitão russo, o meia Diniyar Bilyaletdinov também garante que o time está pronto para o reencontro com os espanhóis. “Estamos concentrados em nós próprios e ainda não falamos sobre o adversário. Mas não me parece que iremos repetir os mesmos erros do jogo inicial. A equipe técnica vai nos preparar da melhor forma para este desafio'', confiou o jogador de 23 anos.

No treino desta segunda-feira, Bilyaletdinov, o atacante Ivan Saenko e o defensor Aleksandr Anyukov treinaram em separado, mas devem estar à disposição para pegar a Espanha na próxima quinta. “Todos têm pequenos problemas físicos e não posso adiantar se podem ou não jogar a semifinal”, despistou o técnico da equipe, o holandês Guus Hiddink.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo