iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/06 - 08:15

Ponte tenta manter 'impacto' de Bonamigo contra Santo André
A Ponte Preta estreou o técnico Paulo Bonamigo na última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, e com um resultado que pode ser considerado bom: jogando em casa, a Macaca conseguiu um empate por 1 a 1 com o Corinthians, tirando o aproveitamento de 100% do time de Mano Menezes

Gazeta Esportiva

No entanto, a equipe campineira só vai começar a sentir de fato o efeito de seu novo treinador na briga contra o rebaixamento na partida desta terça-feira, contra o Santo André.

As duas equipes medem forças a partir das 20h30, no estádio Moisés Lucarelli, em jogo válido pela oitava rodada da Segundona. Para a Ponte, é a chance de somar pontos e deixar a zona de rebaixamento para a Série C, já que o time é atualmente o 17º colocado da tabela de classificação, com sete pontos e apenas duas vitórias. A vice-campeã paulista não vence há quatro jogos, mas pelo menos voltou a somar pontos depois de três rodadas consecutivas.

Paulo Bonamigo elogiou o time após o empate com o Corinthians, e deve manter a mesma base da Ponte na escalação para a partida contra o Santo André. Diferente de seu antecessor, Sérgio Guedes, que levou a Macaca às finais do Campeonato Paulista no 4-4-2, o novo treinador ponte-pretano adota o 3-5-2. Se alterar a equipe, Bonamigo pode colocar Danilo Neco para iniciar a partida, e reabilitar a dupla de ataque Luís Ricardo e Wanderley. Leandrinho e Leandro ficariam no banco.

Mantendo a escalação, a Ponte aposta em uma possível repetição da apresentação feita contra o Corinthians. “O time não parou de lutar e, apesar de encarar um time que vinha como sensação do campeonato, não se entregou em nenhum momento”, disse Paulo Bonamigo, que também conta com os retornos do volante Deda e do meia Renato, suspensos no sábado. “Ainda temos que trabalhar muito, mas foi um bom começo. Acho até que poderíamos sair daqui com um resultado ainda melhor”, disse.

O Santo André, por sua vez, promete não facilitar a missão para os campineiros. Atualmente na 11ª colocação da Série B, o Ramalhão soma nove pontos, com dois de vantagem para a zona de rebaixamento e três de diferença para a área de classificação para a Série A. Por isso, o time de Sérgio Soares encara o compromisso como primordial na briga para encostar nos líderes do campeonato.

Os andreenses vêm com uma série invicta de cinco jogos – dos quais, porém, apenas dois foram vitórias. Na última rodada, ainda perdeu a chance de vencer o São Caetano em pleno Bruno José Daniel, empatando sem gols e distanciando-se dos primeiros colocados. Por isso, a equipe precisa vencer a Ponte e recuperar-se do prejuízo no clássico do ABC Paulista.

O principal problema azul para o jogo em Campinas é a defesa, já que Dedimar cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo e Thiago Matias se recupera de uma contratura muscular na coxa direita. Para piorar, Da Guia também tem problemas na coxa e depende de um aval positivo do departamento médico do Santo André.

Em compensação, Douglas deve ganhar espaço na escalação, depois de ter cumprido sua suspensão. Marcel será mantido no setor, enquanto Lello e Cesinha disputam uma vaga. O resto do time, a princípio, é o mesmo do empate sem gols contra o Azulão.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA X SANTO ANDRÉ

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)

Data: 24 de junho de 2008, terça-feira

Horário: 20h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Auxiliares: Carlos Augusto Júnior (SP) e Marcelino Brito Neto (SP)

PONTE PRETA: Aranha; César, João Paulo e Jean; Eduardo Arroz, Ricardo Conceição, Bilica, Danilo Neco (Leandrinho) e Vicente; Luís Ricardo e Wanderley (Leandro) Técnico: Paulo Bonamigo

SANTO ANDRÉ: Neneca; Marcel, Douglas e Luiz Henrique; Cicinho, Fernando, Pará, Marcelinho Carioca e Jaílson; Maycon e Márcio Mixirica
Técnico: Sérgio Soares


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo