iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/06 - 14:11

Hiddink admite clima de revanche na Rússia
Embora os jogadores da Rússia se esforcem em declarar que a goleada sofrida para a Espanha por 4 a 1 na estréia na Eurocopa já ficou para trás, o técnico Guus Hiddink reconheceu que o reencontro com a Fúria na semifinal motiva a sua equipe. “Uma equipe derrotada sempre quer a revanche”, sentenciou o holandês, prevendo que o duelo desta quinta-feira será diferente do jogo do último dia 7 em Innsbruck.

Gazeta Esportiva

“Nós reagimos depois da derrota para eles e esperamos que a equipe jogue ainda melhor desta vez”, completou.

Para Hiddink, considerar a Rússia favorita na semi apenas por causa do triunfo sobre a Holanda nas quartas-de-final da Euro é um absurdo. Na visão do treinador, os espanhóis, além de terem feito melhor campanha na primeira fase, são favoritos por terem mais experiência.

“Como se pode dizer isso? A Rússia veio de muito longe, enquanto os espanhóis e sua seleção estão acostumados a jogar partidas decisivas a cada quatro, cinco ou seis dias. Antes do jogo contra a Suécia, quase ninguém sabia os nomes nem os clubes dos quais vinham os russos”, argumentou.

Depois de admitir o clima de revanche, o holandês também destoou dos jogadores russos ao confessar que tinha preferência por um rival na semifinal. “Preferia jogar contra a Itália. Eles têm um estilo diferente do nosso e isso era bom para nós. Já a Espanha tem uma filosofia muito parecida com a nossa”, encerrou Hiddink.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo