iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/06 - 16:13

Uefa tentará mudar premiação da Liga dos Campeões
A Uefa anunciou nesta segunda-feira que irá propor aos clubes mais ricos da Europa que votem por um corte em suas receitas da Liga dos Campeões da Europa. O anúncio foi feito durante a divulgação da cifra que cada clube recebeu pelos direitos pagos da televisão e acordos de marketing para a competição na última temporada.

Agência Estado

Os clubes da Inglaterra foram os que mais receberam. Combinando quanto foi recebido pelos quatro clubes ingleses, o valor chega a 129 milhões de euros (cerca de R$ 323 milhões). O Manchester United, campeão da Liga dos Campeões, recebeu a maior fatia, 43 milhões de euros (R$ 107 milhões). O Chelsea, finalista da última edição, recebeu 36 milhões de euros (R$ 90 milhões).

A cifra infla o debate de que apenas um pequeno grupo de clubes ricos torna o futebol europeu pouco competitivo. "Nós estamos sensíveis a essa crítica dos clubes ricos ficarem cada vez mais ricos", disse o porta-voz da Uefa, William Gaillard. "Membros do Parlamento Europeu têm declarado que gostariam de ver uma distribuição mais eqüitativa do rendimento entre os clubes", completou.

Gaillard disse que a questão será posta ao Conselho estratégico do futebol profissional europeu, um painel da Uefa com representantes de clubes, ligas, associações e jogadores de futebol.

"Nós planejamos começar um diálogo", disse Gaillard. "Nosso presidente, Michel Platini, acredita no consenso e nós temos uma excelente ferramenta para nossa estratégia no conselho".

As mudanças não devem acontecer antes de 2012, quando os acordos de televisão existentes na Liga dos Campeões expiram. A competição paga para os 32 clubes de 15 diferentes países, que participam do campeonato, taxas de aparições e prêmios em dinheiro por jogos e pontos conquistados. Os números não incluem as vendas de ingressos.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo