iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/06 - 16:21

Rijkaard destaca importância de Ronaldinho Gaúcho para o Barcelona
O técnico holandês Frank Rijkaard, que recentemente deixou o comando do Barcelona, destacou a importância de Ronaldinho Gaúcho para a equipe, à qual "trouxe esperança e transmitiu alegria".

EFE

BARCELONA (Espanha) - "Ronaldinho Gaúcho foi muito importante. Com ele, o Barcelona ganhou e perdeu, mas sem Ronaldinho Gaúcho, não ganhamos mais do que antes", disse Rijkaard.

Recentemente, o novo técnico do Barça, Josep Guardiola, disse que não contava com Ronaldinho Gaúcho para a próxima temporada.

Rijkaard defendeu o esforço que realizou nas duas últimas temporadas para que "as coisas funcionassem", apesar das pressões sofridas nos dois últimos anos, nos quais a equipe catalã não conquistou nenhum título.

"Me esforcei para fazer com que as coisas funcionassem", diz o holandês, para quem "a paixão do dia-a-dia do Barça o distraiu da passagem do tempo".

"Agora me dou conta de que sim, os dias se passaram, e praticamente me escorreram por entre os dedos", afirmou.

O holandês assegura ainda que os últimos cinco anos de sua vida estiveram marcados por uma idéia central: fazer com que o Barça funcionasse.

"Hoje, posso dizer tranquilamente que deixo uma parte do meu coração aqui, tanto no plano humano quanto no esportivo", afirmou.

Em entrevista concedida à revista oficial do Barça, Rijkaard compara sua passagem pelo clube à "sensação de subir em um trem que trafega em alta velocidade".

O holandês revela também que, durante sua etapa no banco do Camp Nou, sempre buscou "captar as sensações que a equipe transmitiu ao público" e "assumir sua parte de responsabilidade na partida".

Rijkaard fecha sua análise sobre o público do Camp Nou lembrando que a platéia também deve saber que, "no campo, às vezes para ganhar, é preciso sofrer".

"Há outros países onde as coisas são diferentes, e o público se dedica a apoiar durante os 90 minutos", afirmou.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo