iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/06 - 15:20

Luxa quer time envolvido em busca dos 75% de aproveitamento
Técnico com mais títulos brasileiros, o pentacampeão nacional Wanderley Luxemburgo enalteceu o feito de seus comandados ao baterem o Vasco em São Januário. E repete a “simples” receita para que o Palmeiras lhe dê sua sexta taça: vencer sempre como mandante e roubar pontos fora.

Gazeta Esportiva

De acordo com o treinador, somente com esta caminhada o time pode chegar ao percentual que acredita ser suficiente para terminar o Nacional com a faixa no peito. Por isso, já reforça a necessidade de superar o Náutico neste domingo, no Palestra Itália.

“Foi uma vitória importante (sobre o Vasco). Jogamos em casa agora e temos que pontuar. O segredo no campeonato é conquistar o maior número de vitórias fora e vencer dentro. Com um aproveitamento de 75% você fica com o título”, previu o técnico.

A pedida é alta. Desde quando o Brasileiro passou a ser disputado em pontos corridos, há cinco anos, quem mais chegou perto dos 75% de aproveitamento foi o Cruzeiro, comandado pelo próprio Cruzeiro, campeão em 2003 com 72%. Nas edições seguintes, o Santos, também de Luxa, ficou com a faixa ao atingir 64% em 2004, mesmo percentual do Corinthians em 2005. Na seqüência, o São Paulo foi bicampeão com 67% e 68% em 2006 e 2007, respectivamente.

No momento, o Palmeiras está longe do que seu treinador quer, pois conquistou apenas 62% dos pontos que disputou nestas sete primeiras rodadas. Flamengo, Grêmio e Cruzeiro, que lideram a atual competição, estão mais próximos dos planos do palmeirense – atingiram 76% de aproveitamento.

Sem querer colocar pressão no grupo, Luxa diz não se incomodar em estar em quinto lugar, a três pontos dos líderes. “O elenco está bem, satisfeito e entendo a competição. O segredo é buscar resultado fora de casa, ganhar jogos, se envolver com a competição. Estamos em uma posição boa, mas o campeonato vai ser bastante complicado”.

E o sentimento mostrado pelo chefe contagiou os jogadores. A única lamentação no elenco na volta a São Paulo foi pela vitória do Náutico sobre o Atlético-MG, que recolocou os pernambucanos na zona de classificação para a Libertadores – faixa que o Verdão ocupou por duas horas neste domingo.

“Viajamos para o Rio de Janeiro com dois objetivos: vencer o Vasco e terminar a rodada no G-4. O primeiro nós conseguimos, o segundo faltou pouco. Mas agora nós temos um confronto direto com o Náutico e tomara que na próxima semana a gente fique no G-4”, comentou Valdívia em entrevista à TV Gazeta.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo