iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

22/06 - 13:56

Van Basten fracassa no grande teste como técnico da Holanda
Marco van Basten fracassou ao tentar alcançar como treinador as glórias que obteve como jogador vinte anos atrás. Sua seleção holandesa foi eliminada da Eurocopa 2008 pela Rússia nas quartas-de-final

Reuters

Os russos, sob o comando do holandês Guus Hiddink, se mostraram superiores à Holanda no sábado e venceram por 3 x 1 na prorrogação, apesar de entrar em campo como zebras. A derrota antecipou a despedida de Van Basten do posto de técnico da seleção de seu país.

Até então, parecia que ele ia levar os holandeses rumo ao seu primeiro êxito desde 1988. Na época Van Basten ajudou seu time a se tornar campeão europeu sobre a União Soviética.

Ao estrear na função, em 2004, Van Basten disse que este era um torneio que a Holanda podia vencer jogando um futebol imponente e atraente.

Também declarou na ocasião que a Copa de 2006 chegaria cedo demais e mostrou ter razão, já que o time foi eliminado na segunda fase por Portugal.

Nas duas primeiras partidas da Euro, o mundo de fato viu um futebol atraente, quando a Holanda venceu a campeã mundial Itália por 3 x 0 e a França por 4 x 1.

Apesar disso, o time jamais dominou o campo e teve que contar com as defesas extraordinárias do goleiro Edwin van der Sar e de uma boa dose de sorte.

Depois da derrota para a Rússia, o técnico de 43 anos refletiu sobre sua permanência no cargo e a dividiu em dois períodos.

'Nos dois primeiros anos, fizemos uma boa campanha eliminatória para a Copa do Mundo, quando sobrevivemos ao grupo da morte antes de perder para Portugal. Depois, nos dois últimos anos, sofremos nas campanhas eliminatórias, mas começamos bem o torneio.'

Faltou ritmo aos holandeses, que pareceram murchar nos cinco dias de descanso entre o jogo contra a Romênia e o de sábado, ontem, enquanto os russos só tiveram dois dias para se preparar.

Van Basten parece não ter aprendido a lição da Copa de dois anos atrás, quando também descansou a equipe depois de ter garantido a classificação no grupo para em seguida ser eliminado.

Já era previsto que após a Euro 2008 Van Basten assumisse o Ajax Amsterdã, time com o qual assinou um contrato de quatro anos.

Este torneio provou que Van Basten ainda não atingiu a maturidade como treinador. A julgar pelo sábado, aos 61 anos Guus Hiddink continua sendo o mestre holandês, enquanto o mais jovem Van Basten ainda tem muito a aprender.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo