iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

22/06 - 19:53

Leandro Amaral não credita resultado “terrível” à política
O fim de semana esteve de longe de ser tranqüilo em São Januário, Um dia depois da chapa de oposição, encabeça por Roberto Dinamite, derrotar a situação em eleições remarcadas pela Justiça, o time foi derrotado em casa pelo Palmeiras por 2 a 0

Gazeta Esportiva

Apesar da “coincidência”, Leandro Amaral garante que as turbulências na política do clube não atingiram a equipe dentro de campo.

“Não perturba a gente de maneira alguma. Jogamos totalmente concentrados, pensando só dentro de campo”.

Segundo o atacante, o que os cruzmaltinos mais têm que lamentar é ter perdido em São Januário. O estádio é visto como uma das principais forças para os comandados de Antônio Lopes irem longe no Campeonato Brasileiro.

“Perder em casa é horrível, terrível, tudo que a gente não pode deixar acontecer, porque uma derrota dessa em casa faz muita falta. Jogar fora é difícil, por isso que dentro temos que aproveitar e somar pontos”, pregou o camisa 19.

Apesar de não querer culpar Pablo, o atacante irritou-se com o meio-campista, que manteve-se afastado de Elder Granja, dando tranqüilidade para o lateral-direito palmeirense cruzar para Alex Mineiro abrir o placar aos 36 minutos do primeiro tempo.

“A gente deu mole na hora do gol, tinha que ter corrido antes de cruzarem. O atacante deles tomou a frente e fez o gol. O momento era nosso, estava dominando nos primeiros 45 minutos. Você toma um gol desse o adversário cresce”, desabafava Leandro no intervalo.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo