iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

21/06 - 09:48

Kaká pede ajuda da CBF para ser liberado para Pequim
O meia Kaká disse ter ficado feliz com a possibilidade de Ronaldinho Gaúcho disputar a Olimpíada de Pequim, mas descartou uma comparação entre o caso do ex-meia do Barcelona e o seu. “São duas questões muito diferentes”, afirmou o jogador, ontem, em um evento na capital paulista.

Agência Estado

“Ele vem de um momento delicado no Barcelona, passou por lesão, não está jogando. Eu já disse à direção do Milan que quero jogar, mas a liberação não depende de mim.”

O meia lembrou que, agora, só a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pode tentar convencer o Milan a liberá-lo para o torneio. “Fiz o que podia: falei com os dirigentes e expressei ao Brasil e ao mundo que amo a seleção, quero sempre jogar e meus resultados demonstram isso”, explicou. “O Milan, por outro lado, também tem seu direito nessa situação. E disseram que só vão liberar o Alexandre Pato, que tem idade olímpica.”

Apesar dos maus resultados em ambos os jogos - derrota por 2 a 0 e empate por 0 a 0 -, Kaká acredita que o Brasil está na Copa de 2010. “Não temo pela classificação.” O meia tem passado por sessões diárias de fisioterapia no São Paulo e espera voltar a treinar em 15 dias. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo