iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

21/06 - 10:55

Holanda testa favoritismo contra Rússia
Grande sensação da Eurocopa 2008 até o momento e apontada por muitos como a favorita ao título pelo futebol que vem jogando, a Holanda entra em campo neste sábado, às 15h45 (de Brasília), no Estádio St. Jakob-Park, na Basiléia, na Suíça, para medir forças com a Rússia pelas quartas-de-final da competição.

Gazeta Esportiva

O classificado deste duelo enfrentará em uma das semifinais o ganhador do confronto entre Itália e Espanha, que duelam no domingo.

A Holanda teve uma primeira fase exemplar com 100% de aproveitamento e resultados empolgantes, como as goleadas por 3 a 0 sobre a Itália e 4 a 1 sobre a França, que lhe garantiram a primeira posição do Grupo C. A Rússia não foi tão regular e ficou em segundo lugar no Grupo D, vaga que veio na última rodada, com triunfo por 2 a 0 sobre a Suécia.

Marco Van Basten, técnico da Holanda, tem procurado trabalhar no sentido de conter a euforia que tomou conta da imprensa e todos os dias conversa com os jogadores para mostrar que não existe favoritismo no duelo contra os russos. Para o treinador holandês o fato de a partida ser eliminatória nivela tudo.

' Tivemos uma grande fase, mas que de nada serevirá se perdermos de meio a zero para a Rússia. Um dia mal em campo e tudo vai por água abaixo. Portanto não consigo entender esse favoritismo todo que estão falando. Além disso a Rússia tem um grande treinador (Guus Hiddink) e um time muito bem armado por ele', apontou Van Basten.

E justamente Guus Hiddink, o Mago, como é conhecido na Europa, é considerado a grande força da Rússia. O técnico conseguiu classificar o país pela primeira vez às quartas-de-final da Eurocopa. Porém, para o confronto contra os holandeses existe um certo pessimismo que, para muitos, é apenas jogo de cena.

'Não conto com vinte jogadores de excelente nível como a Holanda e por isso o banco pode fazer a diferença nesse jogo. Principalmente porque viemos de uma batalha contra a Suécia e só tive dois dias para preparar o time para este compromisso. Enquanto isso a Holanda descansava, poupando seus atletas para esse confronto', lamentou Guus Hiddink.

Os dois treinadores abusam do mistério e prometem só divulgar as escalações no vestiário, minutos antes do confronto. Porém, sem problemas de lesões ou suspensões, ambos deverão mandar a base da primeira fase a campo.

Marco Van Basten tem um histórico contra a Rússia, quando esta disputava a Eurocopa como União Soviética. Em 1988 o técnico, na época na condição de um dos melhores atacantes do mundo, ajudou os hoalndeses a derrotarem os soviéticos por 2 a 0 na decisão. Esse foi o único título da Laranja Mecânica na Eurocopa. A então União Soviética foi campeã na primeira edição, em 1960.

FICHA TÉCNICA

HOLANDA X RÚSSIA

Local: Estádio St. Jakob-Park, na Basiléia (Suíça)

Data: 21 de junho de 2008 (Sábado)

Horário: 15h45 (de Brasília)

Árbitro: Lubos Michel (Eslováquia)

Assistentes: Roman Slyško e Martin Balko (ambos da Eslováquia)

HOLANDA: Van der Sar, Boulahrouz, Ooijer, Mathijsen e Van Bronckhorst; Nigel de Jong, Engelaar, Sneijder e Van der Vaart; Kuyt e Van Nistelrooy

Técnico: Marco Van Basten

RÚSSIA: Afinkeyev, Anyukov, Ignashevich, Kolodin e Zhirkov; Semak, Zirianov, Semchov e Bilyaletdinov; Arshavin e Pavlyuchenko

Técnico: Guus Hiddink

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo