iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

21/06 - 08:39

Cruzeiro enfrenta Figueirense e pode voltar à liderança
O Cruzeiro recebe o Figueirense neste sábado, às 18h20, sonhando em voltar à ponta do Campeonato Brasileiro. Com 13 pontos, a Raposa divide a liderança com Flamengo e Grêmio, mas tem o pior saldo de gols entre os três.

Gazeta Esportiva

Enquanto isto, o time de Florianópolis ocupa a 13ª posição e ainda não mostrou a que veio no campeonato. Com 8 pontos, o Figueirense está a três das zonas de rebaixamento e de classificação à Libertadores.

O adversário desta rodada faz parte da história do técnico cruzeirense Adilson Batista. Lá, conquistou o título catarinense de 2006, com a companhia de três atletas que vieram com ele para o Cruzeiro. São o goleiro Andrey, o versátil Marquinhos Paraná, que têm jogado como lateral-direito, e o volante Henrique.

O Figueirense tem de longe a pior defesa do Brasileirão, com 16 gols sofridos, quatro a mais que Goiás e Portuguesa. Para o comandante cruzeirense, estes números não passam de acidente de percurso que não devem ser considerados. “Foram dois jogos atípicos contra Flamengo e Portuguesa e eles vão tentar corrigir. Com certeza eles foram cobrados para que diminuam esses gols”, adverte.

Por isto mesmo, os cruzeirenses esperam que o adversário marque forte. “Eles vão jogar, contra-atacar, marcar. Conheço alguns jogadores. Trabalhei com Clayton Xavier, que é um atleta que sabe organizar. Com calma vamos decidir o que é melhor para o jogo”, disse Adilson Batista.

Na última temporada, o fator surpresa funcionou muito bem. O Figueirense bateu o Cruzeiro no Mineirão por 2 a 1, jogo que acabou com o ânimo do time mineiro na corrida pelo título. A partir daquela partida, a Raposa entrou em crise e, no final do campeonato, saiu no lucro com uma vaga na Pré-Libertadores.

O atacante Guilherme saiu como vilão naquela partida, já que a virada do Figueira saiu de um passe errado seu. Até por isto, promete mais atenção desta vez. 'É outro ano, mas temos que pegar 2007 como lição. Tem também de haver respeito, pois é uma grande equipe”, prega.

Para esta partida o Cruzeiro não conta com Charles e Ramires, ambos na seleção olímpica. Henrique e Camilo surgem como favoritos às vagas. O zagueiro Espinoza serviu ao Equador nas Eliminatórias e só joga se estiver bem fisicamente. Caso contrário, entra Léo Fortunato.

Do lado catarinense, não há desfalques nem dúvidas. O técnico Guilherme Macuglia trabalha com o melhor dos mundos. Vem de vitória de 3 a 1 sobre o Sport e tem a opção de repetir a exata escalação do último sábado.

Para o lateral Leandro Soares, é importante repetir a escalação para que os jogadores se conheçam melhor. “Temos de ter entrosamento e nos trabalhos desta semana tentamos manter a mesma pegada que tivemos contra o Sport”, afirmou o jogador, que estreou pelo Figueira na rodada passada.

Para o atleta, o Cruzeiro merece respeito acima de tudo. “Sabemos da dificuldade que é jogar no Mineirão com uma equipe como o Cruzeiro, mas nosso objetivo é conseguir um bom resultado, seja a vitória, ou o empate, para termos tranqüilidade nos outros dois jogos que também são difíceis, contra o Atlético-MG e o Vasco”, argumentou.

O capitão Clayton Xavier mostra sintonia com o companheiro e também prevê dificuldades no sábado. “Não podemos relaxar só porque vencemos um jogo em casa diante de um campeão da Copa do Brasil. Sabemos que temos que melhorar em vários fatores. Vamos encontrar uma equipe que está brigando pelo primeiro lugar e que é um adversário muito difícil”, alerta.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO X FIGUEIRENSE

Local
: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 21 de junho de 2008, sábado
Horário: 18h20 (de Brasília)
Árbitro: Djalma José Beltrami (Fifa-RJ)
Assistente: Milton Otaviano dos Santos (Fifa-RN) e Cláudio José de Oliveira (RJ)

CRUZEIRO: Fábio; Marquinhos Paraná, Thiago Heleno, Espinoza (Léo Fortunato) e Jadílson; Fabrício, Henrique, Camilo e Wagner; Guilherme e Weldon.
Técnico: Adilson Batista

FIGUEIRENSE: Wilson; Anderson Luís, Vinícius, Asprilla e Leandro Soares; Magal, Diogo, Clayton Xavier e Ramon; Tadeu e Wellington Amorim.
Técnico: Guilherme Macuglia

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias