iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/06 - 09:58

Júlio César deseja mesma popularidade de Felipe
Júlio César sente ciúmes da popularidade de Felipe. Rodando com os dedos uma pulseira azul, com a inscrição “Reinando na Saúde”, o prata-da-casa sentou à frente das câmeras de televisão para falar principalmente sobre o afastamento de seu companheiro de posição, e pouco sobre sua chance entre os titulares do Corinthians.

Gazeta Esportiva

“Estava pensando nisso hoje. Ninguém pergunta sobre mim. É sempre sobre o Felipe”, disse Júlio César, que compreende o fato de o colega ser o centro das atenções. “Isso é uma conseqüência do trabalho dele. É natural. Preciso ir bem nas partidas para começarem a falar do Júlio César”, projetou.

Nas raras vezes em que foi questionado sobre a oportunidade de enfrentar o Brasiliense na semana passada e, no sábado, a Ponte Preta, Júlio César classificou a situação como normal. “Recebi essas chances com naturalidade. Não fiquei surpreso, pois estou trabalhando há oito anos no Corinthians para isso”, comentou.

O técnico Mano Menezes também não conversou ou aconselhou Júlio César antes de ele entrar em campo. Nesse caso, o goleiro gostou. “Ele não me deu nenhum detalhe de nada. Gosto muito desse jeito de tratar os jogadores. O Mano nos deixa trabalhar como sabemos, demonstrando que confia na gente”, aprovou.

Entusiasmado com a possibilidade de atrair os flashes que estão em Felipe para si, Júlio César não teme falhar diante da Ponte Preta, neste sábado, e desperdiçar sua chance. “O futebol é feito de altos e baixos. Temos que conviver com isso. Procuro pensar sempre nas coisas boas, e não pelo lado negativo”, afirmou, antes de mexer em sua pulseira azul mais uma vez.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo