iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

19/06 - 14:27

De olho na seleção, Renato Gaúcho não comenta empate
Renato Gaúcho se negou a comentar o empate da Seleção Brasileira com a Argentina por dizer que não seria ético com o técnico Dunga

Gazeta Esportiva

O treinador disse que seus comentários poderiam ser interpretados de forma equivocada, já que sonha em um dia dirigir o time canarinho.

“A Seleção Brasileira tem um treinador e não seria nada ético eu ficar comentando se o time foi bem ou mal contra a Argentina. Nunca escondi de ninguém que sonho em ser técnico da Seleção Brasileira. Mas meu pensamento está voltado para o Fluminense. O trabalho no meu clube e o apoio da minha torcida podem me levar até lá.”

“Temos um objetivo único na vida de cento e seis anos do clube e nada tira a minha atenção, a não ser os cento e oitenta minutos dos jogos com a LDU. Tenho muito a aprender e não considero que sou completo, como treinador, aos quarenta e cinco anos”, disse Renato Gaúcho.

O treinador, porém, não entendeu o porquê de os jogadores brasileiros terem ficado magoados com a torcida pelos aplausos quando Messe deixou o campo ao ser substituído no fim do segundo tempo.

“Isso sinceramente eu não entendi. Público gosta de bom futebol e de craque. Há alguns anos o estádio do Real Madrid aplaudiu de pé o Ronaldinho Gaúcho após ele fazer uma grande exibição pelo Barcelona, rival do clube na Espanha”, afirmou Renato Gaúcho.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo