iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

19/06 - 10:24

Croácia e Turquia fazem duelo de surpresas nas quartas-de-final da Eurocopa
A Croácia enfrenta a Turquia pelas quartas-de-final da Eurocopa nesta sexta-feira, no estádio Ernst Happel de Viena, às 15h45 de Brasília, num confronto entre duas equipes que surpreenderam na primeira fase da competição

EFE

"Somos melhores que a Turquia", afirmou hoje o treinador da Croácia, Slaven Bilic, em entrevista coletiva, assumindo uma condição aceita pelas duas equipes. Depois de vencer a Alemanha, ele acha que seus comandados estão preparados para chegar longe no torneio.

A equipe - que venceu as três partidas da primeira fase - deverá ter em campo os meias Ivan Rakitic e Darijo Srna. Eles eram dúvidas, mas vêm se recuperando.

Rakitic passará por testes físicos antes da partida. Caso não possa jogar, o atacante Mladen Petric entra em seu lugar.

"Temos que ser pacientes. Em todo caso, estamos física e mentalmente preparados", disse o técnico, que tem duas alternativas táticas: "uma é ofensiva e a outra, superofensiva", segundo ele.

Se todos estiverem bem, o esquema tático será um 4-4-1-1, com Rakitic pela esquerda e Kranjcar de meia-atacante. A outra opção é um 4-4-2, com Petric e Olic no comando do ataque.

A Turquia conseguiu a classificação com duas vitórias de virada conseguidas nos acréscimos, contra Suíça e República Tcheca. Neste último jogo, quem brilhou foi o veterano atacante Nihat, símbolo da luta da equipe.

No entanto, estes trunfos serão postos à prova diante das limitações do elenco. Os turcos terão sete desfalques, entre lesionados e suspensos.

Até o goleiro Volkan Demirel, expulso contra os tchecos e cujo recurso só será analisado pela Uefa na segunda, terá que ser substituído pelo veterano Rustu Recber.

O volante brasileiro naturalizado Mehmet Aurélio também cumprirá suspensão e deverá dar lugar a Gokdeniz Karadeniz.

Além destes, o técnico Fatih Terim não poderá contar com o zagueiro Emre Gungor, e os meias Tumer Metin e o capitão Emre Belözoglu, lesionados. O volante Ayhan Akman e o zagueiro Gokhan Zan, são dúvidas.

A única notícia positiva é a possível volta do zagueiro Servet Çetin - homem de confiança da defesa - que sente dores, mas poderá jogar.

Terim reconheceu o papel de favorito da Croácia, mas alertou: "Um jogo da primeira fase é diferente de um pelas quartas-de-final.

Agora é importante jogar bem na hora certa".

"Há jogadores sancionados e lesionados, mas temos outros 'leões' que os substituirão. Estamos determinados a chegar à final", disse hoje Terim, que ressaltou que o melhor da equipe é que ela "nunca se rende".

A única vez que croatas e turcos se enfrentaram pela Eurocopa foi em 1996, na Inglaterra. A Croácia venceu por 1 a 0, com gol de Goran Vlaovic.

Prováveis escalações: Croácia: Pletikosa; Corluka, Simunic, Robert Kovac e Pranjic; Srna, Niko Kovac, Modric e Rakitic; Kranjcar e Olic. Técnico: Slaven Bilic.

Turquia: Rustu; Hamit Altintop, Servet, Emre Asik e Balta; Mehmet Topal, Gokdeniz, Arda e Kazim Kazim; Nihat e Tuncay. Técnico: Fatih Terim.

Árbitro: Roberto Rosetti (ITA), auxiliado por seus compatriotas Alessandro Griselli e Paolo Calcagno. 

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo