iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/06 - 20:05

Thiago Neves é suspenso e não pega Coritiba
Em julgamento realizado nesta quarta-feira no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD, Thiago Neves, do Fluminense, foi suspenso por duas partidas devido a sua expulsão diante do Grêmio. Como já cumpriu suspensão automática na partida diante do Santos na última rodada, o meia só terá que ficar fora do confronto frente ao Coritiba.

Gazeta Esportiva

Thiago Neves foi expulso na derrota diante do Grêmio por 2 a 1, em seis de junho, porque teria dado uma cotovelada em um adversário. Contudo, o jogador foi enquadrado no Artigo 254 (praticar jogada violenta) e pegou a pena mínima de dois jogos.

Além do meia do Fluminense, três integrantes do Grêmio também foram julgados por acontecimentos durante a partida entre os dois clubes. O médico Márcio Bolzone, o diretor de futebol André Krieger e o dirigente Luiz Fernando Ramos foram suspensos por 30 dias.

Márcio Bolzone foi denunciado no artigo 187 II (Ofender moralmente – árbitro ou auxiliar em função, pena de 30 a 180 dias). O médico gremista deixou a área técnica aos 44 minutos da segunda etapa da partida e xingou um dos assistentes por este ter marcado uma infração contra o time gaúcho.

Ainda no mesmo lance, André Krieger e Luiz Fernando também reclamaram do assistente, chamando-o de ladrão e responderam ao artigo 188 (Manifestar-se de forma desrespeitosa, ou ofensiva, contra membros do Conselho Nacional de Esporte (CNE); dos poderes das entidades desportivas ou da Justiça Desportiva, e contra árbitro ou auxiliar em razão de suas atribuições, ou ameaçá-los).

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo