iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/06 - 17:45

Rússia vence Suécia, garante vaga inédita e define quartas
Pela primeira vez em sua história, a Rússia garantiu uma vaga entre as oito melhores seleções da Eurocopa. Nesta quarta-feira, a equipe comandada pelo holandês Guus Hiddink conseguiu uma vitória sem sustos sobre a Suécia por 2 a 0, e se classificou em segundo lugar no Grupo D da competição continental, que já tinha a Espanha assegurada na primeira colocação.

Gazeta Esportiva

O confronto direto entre russos e suecos ainda iria definir a última seleção classificada para as quartas-de-final da Euro de 2008, já que ambos os times empatavam em três pontos na chave. Melhor para a Rússia, que praticamente não foi ameaçada, avançou e tenta agora uma vaga nas semifinais do torneio em jogo contra a embalada Holanda, primeira do Grupo C.

Curiosamente, a Rússia já havia sido campeã da competição – mas em 1960, ainda como União Soviética. Eliminada na fase de grupos em 96 e em 2004, a equipe sequer havia passado pela fase de pré-classificação em 2000. Em 92, o país chegou a se classificar entre as oito melhores seleções, mas ainda atuando como Comunidade dos Estados Independentes (CEI). Após o fim da Guerra Fria e do desmantelamento da antiga URSS, é a melhor campanha do país.

A partida começou com a motivada Rússia marcando bem a saída de bola sueca, tentando surpreender para abrir o placar. E a estratégia se mostrou acertada logo aos seis minutos, quando Zyryanov só não marcou porque se enrolou com Semchov na pequena área. Os russos ainda tiveram duas boas chances em cruzamentos, com cabeçada de Arshavin aos 12 e com bola de Zhirkov, que Nilsson cortou aos 18 minutos, antes que ela chegasse ao atacante Pavlyuchenko.

Três minutos depois, o próprio Zhirkov tentou, mas seu chute de primeira após cobrança de escanteio foi para fora. Porém, sufocada na defesa, a Suécia sofreu acabou sofrendo seu primeiro gol, e exatamente em uma saída errada de bola. A Rússia conseguiu o desarme e disparou pela direita com Semchov, que tocou para Anyukov na área. O camisa 22 passou para Pavlyuchenko, que bateu para abrir o placar aos 23 minutos.

O segundo gol quase veio aos 25, após boa troca de passes que Bilyaletdinov erra ao concluir. Em compensação, a Suécia conseguiu responder aos 27 minutos, em cabeçada de Henrik Larsson que acertou o travessão de Akinfeev. Mesmo assim, é próprio Bilyaletdinov quem quase coloca os comandados de Guus Hiddink em boa vantagem no primeiro tempo – primeiro, com chute cruzado que Isaksson defende aos 28. Depois, em bola na trave aos 35, após nova troca de passes pela direita.

Após o intervalo, porém, a defesa escandinava cede de novo e permite o 2 a 0. Logo aos cinco minutos, os russos rebatem falta sueca e iniciam um contra-ataque. A bola caiu nos pés de Zhirkov, que avançou pela esquerda e tocou na área para Arshavin, que apenas empurrou para o gol. Apática, a Suécia parava no bom posicionamento da defesa adversária. Tanto que, aos 24 minutos, o mesmo Zhirkov arriscou cruzamento pela direita, e quase pegou Isaksson de surpresa.

A seleção de Lars Lagerback ainda tentou diminuir o prejuízo, com cabeçada de Ibrahimovic aos 27 e chute rasteiro de Kallstrom aos 28. Mas são os russos, porém, quem têm a última boa chance de alterar o placar, em chute de Arshavin que desvia na zaga e bate na trave. Na sobra, Saenko desperdiça a chance de cabeça.

A Rússia, no entanto, não precisava mais se preocupar com a fase de grupos da Euro. Agora nas quartas-de-final, a equipe mede forças com a Holanda, em duelo marcado o sábado, na cidade suíça de Basiléia. A Espanha, primeira colocada do Grupo D, venceu a Grécia por 2 a 1, e encara a Itália no dia seguinte em Viena.

 

Innsbruck (Áustria) - FICHA TÉCNICA
RÚSSIA 2 X 0 SUÉCIA

Local: Estádio Tivoli Neu, em Innsbruck (Áustria)
Data: 18 de junho de 2008 (quarta-feira)
Horário: 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Frank de Bleeckere (BEL)
Auxiliares: Peter Hermans (BEL) e Alex Verstraeten (BEL)
Cartões amarelos: Isaksson e Elmander (SUE); Semak, Arshavin e Kolodin (RUS)
Gols: RÚSSIA: Pavlyuchenko, aos 23 minutos do primeiro tempo, e Arshavin, aos cinco minutos do segundo tempo

RÚSSIA: Afinkeyev; Anyukov, Ignashevich, Kolodin e Zhirkov; Semak, Zyryanov, Semchov, Bilyaletdinov (Saenko) e Arshavin; Pavlyuchenko (Bystrov)
Técnico: Guus Hiddink

SUÉCIA: Isaksson; Stoor, Mellberg, Hansson e Nilsson (Allback); Elmander, Andersson (Kallstrom), Svensson e Ljungberg; Ibrahimovic e Henrik Larsson
Técnico: Lars Lagerbäck


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo