iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/06 - 22:53

Riquelme espera que o Mineirão volte a dar sorte
A seleção argentina chegou no início da noite desta terça-feira a Belo Horizonte, palco do clássico de amanhã, contra o Brasil

Gazeta Esportiva

A delegação cancelou o reconhecimento do gramado que estava previsto e foi diretamente para o hotel onde está hospedada na capital mineira.

Ao chegar, os jogadores foram imediatamente para os quartos.

Devidamente alojados e de banho tomado, dois dos astros albicelestes desceram a um auditório do hotel para atender a jornalistas do Brasil, da Argentina e até da Costa Rica, que aguardavam para fazer entrevistas. Javier Zanetti e Juan Román Riquelme falaram sobre as dificuldades que esperam enfrentar nesta quarta.

O meia do Boca Juniors não sentiu falta do reconhecimento do gramado. Há menos de dois meses, jogou no Mineirão por seu clube e venceu o Cruzeiro por 2 a 1, avançando na Copa Libertadores.

“Tomara que amanhã nos dê boa sorte e que a equipe possa ganhar. Para nós, seria muito importante vencer o Brasil, que é um grande time”, comentou o armador, que na seleção argentina tem a companhia dos também boquenses Rodrigo Palacio e Sebastián Battaglia.

Já o experiente lateral destaca que, mesmo com as recentes vitórias do Brasil no confronto, não há clima de revanche para esta partida. “É uma partida de Eliminatórias”, lembrou o jogador, evitando lembrar as finais da Copa América e da Copa das Confederações.

Zanetti, assim como seus companheiros Burdisso e Julio Cruz, têm uma motivação a mais para o jogo desta quarta. O português José Mourinho, novo técnico da Inter de Milão, é esperado no Mineirão para começar a avaliação de seus novos comandados. Do lado brasileiro, os observados serão Júlio César, Maicon e Adriano.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo