iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/06 - 17:21

Lanterna das Eliminatórias, Bolívia quer surpreender Paraguai na altitude
A Bolívia, lanterna das Eliminatórias Sul-Americanas à Copa do Mundo de 2010, recebe quarta o Paraguai no estádio Hernando Siles de La Paz, às 17h10 de Brasília, querendo surpreender o atual líder.

EFE

A principal arma dos bolivianos é a altitude do local da partida, 3.577 metros acima do nível do mar. A equipe comandada pelo treinador Erwin Sánchez tem apenas um ponto em cinco jogos e precisa vencer para ainda sonhar com uma vaga no Mundial da África do Sul.

A exigência da conquista dos três pontos é considerada vital pela imprensa local e pode até determinar o futuro de Sánchez à frente da equipe, pois vem de derrota de 2 a 0 para o Chile também em casa.

O presidente da federação boliviana de futebol, Carlos Chávez, voltou a mostrar apoio ao treinador, mas o ambiente não é nada bom. O grupo treina com portões fechados desde segunda, mas nem assim escapou da ira da torcida - foi insultado por um grupo de pessoas ao sair do estádio.

O técnico mais uma vez não confirmou a escalação da Bolívia que irá a campo, mas reconheceu que a derrota para o Chile exigirá algumas mudanças.

É provável que o volante Luis Gatty Ribeiro, que entrou no segundo tempo diante dos chilenos, seja confirmado como titular. Outro a entrar no meio-campo deve ser Ronald García, que se recuperou de lesão, tome o lugar de Lorgio Álvarez.

No ataque, o único confirmado é Marcelo Moreno, que defendia o Cruzeiro e se transferiu recentemente para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Seu companheiro deve ser Joaquín Botero.

O Paraguai chega à partida empolgado pela vitória de 2 a 0 sobre o Brasil no último domingo, no estádio Defensores del Chaco de Assunção. O triunfo deixou a equipe comandada pelo argentino Gerardo Martino com 13 pontos, contra 11 da Argentina. A equipe chegará a La Paz apenas horas antes da partida, diretamente da cidade de Santa Cruz.

Por atuar na altitude, o treinador pensa em fazer algumas mudanças em relação à equipe que superou os brasileiros na capital paraguaia. Alguns jogadores não estão acostumados a estas condições, como o atacante Roque Santa Cruz - que disse que isso não pode servir de desculpa.

No gol, Aldo Bobadilla deve entrar no lugar de Justo Villar, que sentiu um problema no joelho direito. Também voltam o lateral-esquerdo Morel Rodríguez e o meia Cristian Riveros, que estavam suspensos.

Carlos Bonet entra na lateral direita em lugar de Darío Verón, expulso diante do Brasil. "Todos conhecem o que é La Paz e a altitude. É uma arma extra que a Bolívia tem, portanto é preciso jogar da melhor forma possível para conseguir os três pontos", disse o atacante Nelson Valdez.

Prováveis escalações:

Bolívia: Galarza; Gatty Ribeiro, Gutiérrez, Raldes e Abdón Reyes; Leonel Reyes, García, Campos e Gutiérrez; Marcelo Moreno e Botero (Arce). Técnico: Erwin Sánchez.

Paraguai: Bobadilla; Bonet, Cáceres, Paulo da Silva e Morel Rodríguez; Vera, Cáceres, Santana e Riveros; Cabañas e Valdez.
Técnico: Gerardo Martino.

Árbitro: Leonardo Gaciba (BRA), auxiliado por seus compatriotas Alessandro Rocha e Altemir Hausmann.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo