iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/06 - 14:54

Jogadores saem em defesa do pressionado Dunga
Os jogadores da seleção brasileira terão uma motivação maior no duelo desta quarta-feira, contra a Argentina, no Mineirão: aliviar a pressão depositada sobre o técnico Dunga, bastante criticado após a histórica derrota para a Venezuela, em amistoso nos EUA, e contra o Paraguai, em Assunção, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010

Gazeta Esportiva

“Os jogadores nesse momento têm uma parcela de culpa maior do que a do treinador', disparou o goleiro Júlio César.

“O Dunga hoje é a seleção brasileira. Jogadores, comissão e técnico são todos uma coisa só. Se o treinador está sendo pressionado, nós também estamos”, completou.

O atacante Robinho foi ainda mais longe e declarou que o time “jogará por Dunga” o clássico desta quarta-feira. “Ele é um grande treinador, está fazendo um bom trabalho e quando o resultado positivo não vem, todo mundo sabe que é assim que funciona”, acrescentou o astro do Real Madrid.

Para o polivalente Júlio Baptista, as fortes críticas contra o atual treinador do time canarinho serão encerradas com uma vitória sobre o arqui-rival. “Não é porque em dois jogos não aconteceu o que a gente esperava que se pode fazer uma avaliação errada. Quando ganha está tudo bem, mas quando se perde a credibilidade dos jogadores é muito menor. Estamos bem fechados e tranqüilos”, garantiu.

Zagueiro e capitão da seleção, Lúcio segue a linha do companheiro e a do próprio técnico Dunga, que costuma remeter ao passado em suas desculpas após as derrotas da equipe. “O último resultado não foi o que a gente queria e o Paraguai foi superior. Mas o que esses jogadores fazem e fizeram pela seleção não pode ser resumido a apenas um jogo”, finalizou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo