iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/06 - 20:49

Cotado para jogar, Anderson não se abala com a pressão
Anderson é a bola da vez na seleção brasileira. Elogiado pelo técnico Dunga, o jovem de 20 anos tem chance de deixar o banco de reservas para ser o titular no clássico de quarta-feira, contra a Argentina, no Mineirão, em Belo Horizonte, pelas Eliminatórias da Copa.

Agência Estado

Ao entrar no segundo tempo do jogo contra o Paraguai, no último domingo, em Assunção, Anderson alterou a postura ao time brasileiro. E Dunga reconheceu seu rendimento. "Quando um jogador entra em campo tem de aproveitar. É o caso de Anderson", afirmou o treinador da seleção.

Mesmo depois do elogio público do comandante, Anderson evitou comemorar antes da hora. Perguntado se achava que podia jogar após as declarações de Dunga, o jogador do Manchester United foi seco. "Eu não acho nada, quem tem de achar é o Dunga. Tenho de ficar quieto e seguir trabalhando."

A pressão também parece não preocupar Anderson. Afinal, ao ser lembrado nesta segunda-feira de que o Brasil não perdia dois jogos seguidos havia sete anos - além do Paraguai, caiu diante da Venezuela em amistoso nos Estados Unidos -, ele ignorou os números, apelando para o passado. "Temos duas derrotas, mas temos cinco estrelas no peito", lembrou o jogador.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo