iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/06 - 19:27

Zagueiro grego espera jogo "difícil" contra Espanha pela Eurocopa
O zagueiro Paraskevas Antzas, da seleção da Grécia, disse hoje que a partida contra a Espanha, a última dos gregos na Eurocopa, "será difícil", não importando se o adversário entrará com titulares ou reservas.

EFE

Perguntado sobre o que espera da partida de quarta em Salzburgo, entre duas equipes que apenas cumprem tabela, Antzas alertou que a partida.

"A Espanha é uma boa equipe, que começou o torneio muito forte.

Contra a Grécia, tanto faz se começarem com a equipe titular ou os reservas, porque a partida será sempre complicada", disse o jogador, que tem 25 partidas pela seleção grega.

Falando à imprensa após o treino de hoje na concentração grega na localidade de Seekirchen, em Salzburgo, na Áustria, o zagueiro de 32 anos, que atua pelo Olympiacos, não quis especificar os motivos que o levaram a anunciar sua saída da seleção após a Eurocopa.

"Quero agradecer a Otto Rehhagel e aos demais jogadores da equipe. E desejo o melhor aos que continuarem na seleção", disse o jogador em referência ao técnico alemão que levou os gregos ao inesperado título na Eurocopa de 2004, em Portugal, e que seguirá no comando da equipe até 2010.

Questionado sobre as diferenças entre a Grécia campeã em 2004 e a desta Eurocopa, eliminada depois de perder as duas primeiras partidas da primeira fase, Antzas - que não esteve no elenco que conquistou o torneio há quatro anos - disse que quem deveria responder isso seria o treinador, e não ele.

Já o lateral-direito Christos Patsatzoglou disse hoje que não sentiu "nada de especial ao estrear em uma Eurocopa".

O defensor do Olympiacos, de 29 anos, estreou na seleção em 2000 mas sofreu uma grave lesão no tendão de Aquiles em 2003, o que o manteve afastado do futebol durante três anos - ficando de fora da conquista grega da Eurocopa de 2004.

"Em 2004 estava lesionado e não pude sentir a imensa alegria de ser campeão da Europa. No sábado estreei numa Eurocopa, mas não senti nada especial, foi um jogo como outro qualquer", disse Patsatzoglou sobre a derrota dos gregos para a Rússia por 1 a 0 em Salzburgo.

"Depois deste torneio, o que temos que fazer é descansar, sair de férias e nos recuperarmos para uma melhor preparação para as Eliminatórias Européias da Copa do Mundo de 2010", comentou o jogador.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo