iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/06 - 22:34

Zagueiro faz dois golaços e Chile bate Bolívia
Enquanto os clubes brasileiros não se cansam de reclamar sempre que têm um compromisso na altitude, a seleção chilena mostrou, neste domingo, a fórmula para superar as dificuldades que uma partida acima do nível do mar oferece.

Gazeta Esportiva

Com um futebol consciente e de toques rápidos, a equipe comandada pelo argentino Marcelo Bielsa não se intimidou com os mais de 3.

600 metros de La Paz e bateu os donos da casa, com direito a dois gols do zagueiro Medel, um deles, de bicicleta: 2 a 0.

O resultado melhorou bastante a situação dos chilenos, que chegaram a sete pontos na classificação, e deixou a Bolívia cada vez mais isolada na lanterna das Eliminatórias Sul-americanas, com apenas um empate em cinco rodadas disputadas.

Os chilenos mostraram desde o início da partida que não estavam dispostos a permitir a recuperação boliviana na competição, tomando as rédeas do jogo e criando as melhores oportunidades para mexer no placar. Depois de falhar algumas vezes nas finalizações, o Chile abriu frente aos 29 minutos. Morales cobrou falta com violência, no travessão. Na sobra, Beausejour ajeitou de cabeça e Medel, de bicicleta, marcou um golaço.

Em desvantagem, os bolivianos passaram a abusar de sua principal arma: as bolas lançadas para a área. E quase chegaram ao empate ainda no primeiro tempo, com o ex-cruzeirense Marcelo Moreno, que levou perigo, mas parou nas mãos do arqueiro Bravo.

Na volta para o segundo tempo, a Bolívia aumentou ainda mais a pressão em busca do empate, metralhando a área chilena com cruzamentos e chutes de longa distância, que deixaram o goleiro Bravo atordoado, mas não atingiram o efeito desejado.

Marcelo Bielsa mexeu no time com a entrada do habilidoso Villanueva, antigo desejo do Palmeiras, no lugar de Morales. A equipe chilena manteve-se fechadinha à espera de um contra-ataque para definir o jogo.

O sonhado contra-golpe veio e Villanueva arrumou um escanteio. Na cobrança, o zagueiro Medel dominou no peito e encheu o pé, marcando seu segundo golaço no jogo e definindo o placar que levou o Chile ao quinto lugar na tabela, ao lado da Venezuela.

No meio de semana, a sexta rodada terá o encontro entre o líder Paraguai e a lanterna Bolívia, quarta-feira, em La Paz. Na quinta, o Chile vai a Puerto La Cruz encarar a Venezuela, surpresa da atual edição das Eliminatórias Sul-americanas, em um verdadeiro 'duelo de seis pontos'.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo