iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/06 - 20:07

Técnico da Suíça deixa seleção com uma sensação "ambígua"
O suíço Köbi Kuhn, que deixou hoje o comando da seleção de futebol de seu país após sete anos, disse que sai com uma sensação "ambígua", porque apesar de ter conseguido a primeira vitória da equipe em uma Eurocopa, na partida contra Portugal, acha que mereceu algo mais.

EFE

"Apesar da vitória, vou embora com uma sensação ambígua, porque não conseguimos o que merecíamos. Acho que nos dois primeiros jogos poderíamos ter conquistado ao menos um ponto e, infelizmente, chegamos ao terceiro na situação em que estamos agora", disse.

Kuhn elogiou o comportamento de seus jogadores e da torcida, que lotou o estádio St. Jakob-Park da Basiléia e não parou de apoiar a seleção.

"A equipe soube retribuir à torcida com uma boa partida. Todos eles continuam em nossos corações. Agradeço-os pelos anos maravilhosos que me proporcionaram", acrescentou.

Após a partida contra Portugal, o treinador foi homenageado pelos jogadores, que carregaram uma faixa onde se lia "Obrigado, Köbi", em francês. 

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo