iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/06 - 17:48

Na despedida, Suíça vence e carimba classificação de Portugal

Co-anfitriã da Eurocopa de 2008, a Suíça despediu-se da competição continental neste domingo com uma vitória por 2 a 0 sobre a seleção de Portugal. Os lusitanos, que já estavam classificados para as quartas-de-final da Euro, se deram ao luxo de poupar jogadores em sua última partida pela primeira fase, e mesmo assim terminaram com a primeira colocação do Grupo A.

Gazeta Esportiva

Os portugueses chegaram a dar a impressão de que venceriam a partida com facilidades, colocando duas bolas na trave. No entanto, não conseguiram abrir o placar e permitiram que os donos da casa reagissem, marcando dois gols no segundo tempo com o experiente camisa dez Hakan Yakin, do Young Boys-SUI.

Tranqüilo em campo, o time misto de Portugal foi logo se mostrando superior à Suíça. Aos oito minutos, Ricardo Quaresma fez um bonito cruzamento de letra para a cabeçada de Hélder Postiga, que passou por cima do gol de Pascal Zuberbuhler. Seis minutos mais tarde, foi Nani quem recebeu lançamento em profundidade pela esquerda, mas acabou desarmado com precisão por Lichtsteiner na entrada da área.

Os suíços não conseguiam sair da defesa, e ainda sofreram com mais dois ataques lusitanos. Aos 17, Nani cruzou, Pepe colocou a cabeça e obrigou Zuberbuhler a uma bela defesa, espalmando para a trave. Depois, aos 20, Quaresma cobrou falta pela esquerda para a cabeçada de Bruno Alves na segunda trave – o goleiro suíço, porém, interveio de novo. Inler ainda tentou responder com um chute de longe aos 23, mas Ricardo saltou e desviou para escanteio.

O arremate não entrou, mas deu ânimo para que os helvéticos saíssem de trás e equilibrassem as ações. Postiga teve uma boa chance, mas foi Senderos quem quase abriu o placar aos 29 minutos, após bater para fora o bom passe de Yakin. O mesmo Yakin cabeceou em escanteio aos 32, mas Ricardo defendeu bem e evitou o gol da Suíça. Do lado português, Postiga até marcou aos 36 minutos, mas a arbitragem assinalou impedimento após o passe de Quaresma.

Depois do intervalo, porém, foram os comandados de Luiz Felipe Scolari quem chegaram primeiro perto do gol, graças a uma nova bola na trave de Nani após falha da defesa aos oito minutos. Quaresma tentou a chance aos 13 e fez Zuberbuhler trabalhar novamente, mas os anfitriões da Euro não permitiram o domínio rival e voltaram a equilibrar com Inler, que arriscou um belo chute de longe aos 20 minutos. A bola, no entanto, passou rente à trave de Ricardo.

De tanto pressionar, a Suíça conseguiu abrir ao placar aos 27 minutos. O zagueiro Pepe conseguiu afastar o primeiro cruzamento da direita, mas a bola sobrou para que Inler acionasse Yakin em posição legal na área. Desmarcado, o camisa dez tocou no meio das pernas de Ricardo e fez o segundo gol dos donos da casa na Euro. Para piorar, o próprio Yakin decidiu o jogo aos 37 minutos, cobrando com precisão o pênalti cometido por Fernando Meira em Barnetta e selando o resultado.

A derrota deixou os portugueses com seis pontos, empatados com a Turquia – que venceu a República Tcheca e também se classificou. No entanto, a seleção de Luiz Felipe Scolari levam ‘a melhor’ nos critérios de desempate e decidem uma vaga nas semifinais da Euro na quinta-feira contra o segundo colocado do Grupo B – possivelmente a Alemanha, embora Áustria e Polônia estejam na briga. Os turcos encaram a Croácia, primeira da outra chave, um dia depois.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo