iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/06 - 17:03

Benazzi: “A Portuguesa deixou de ser trouxa”
O técnico Vágner Benazzi não se conteve e fez um desabafo na coletiva após a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-PR. Questionado sobre a situação do atacante Christian, que vem recebendo críticas da torcida e não foi sequer relacionado para o duelo com o Furacão, o treinador exaltou a postura da diretoria lusa no caso.

Gazeta Esportiva

O matador foi seduzido por uma proposta do Corinthians, mas acabou não sendo liberado e agora estaria insatisfeito na equipe rubro-verde. Neste sábado, ele cedeu a sua vaga a Washington, que novamente não decepcionou, marcando o seu segundo gol em dois jogos desde que retornou à Lusa.

“Falei para o Christian que ele ajudou bastante o time na temporada, mas tudo tem um preço. A Portuguesa deixou de ser trouxa, temos uma diretoria que aprendeu a vender os jogadores. As coisas têm que ser assim”, elogiou o treinador, que minimizou a pressão sobre o atleta. “Se eu ou outro qualquer jogador sentirmos cada cobrança estaríamos mortos”, completou.

Ao lembrar que a Portuguesa sofreu recentemente com a debandada de jogadores sem qualquer retorno, Benazzi voltou a destacar o trabalho dos dirigentes. “Quando se faz as coisas com amor, não acontece certo tipo de coisa. Eu protejo esta diretoria, assim como as outras pessoas com quem trabalho. Cada um tem seu espaço, ninguém interfere na escalação do time”, exaltou o técnico.

Benazzi ainda valorizou o apoio da torcida e a boa fase do time após a segunda vitória seguida. “O torcedor compareceu e apoiou nos 90 minutos, nos ajudando a vencer uma difícil partida”, afirmou, antes de brincar com o que diz ser o valor de seu salário.

“Pego trânsito na marginal todo o dia para fazer este trabalho e ganhar apenas R$ 500”, concluiu o bem-humorado comandante luso, para gargalhada dos jornalistas presentes na sala de imprensa.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo