iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/06 - 15:25

Henry revela que jogou com problemas físicos contra Holanda
O atacante Thierry Henry, da seleção francesa, revelou hoje que jogou contra a Holanda com uma contratura muscular, mas que não havia riscos de uma piora da lesão.

EFE

CHÂTEL SAINT-DENIS (Suíça) - "Joguei com dores contra a Holanda, mas o problema não podia se agravar", disse o atacante - maior artilheiro da história da seleção da França, com 45 gols em 101 jogos -, que não pôde atuar na primeira partida do grupo, contra a Romênia, devido à mesma lesão muscular.

Apesar da goleada de 4 a 1 para a Holanda, Henry tentou ver as coisas de outra maneira. "É difícil ser positivo, mas vimos uma evolução em nosso jogo, não atuamos mal e nem por isso temos que baixar a cabeça, porque podemos nos recuperar a qualquer momento e voltar a ter chances", disse hoje.

Henry, autor do único gol da França contra a Holanda, afirmou que sua equipe tem de se preparar da melhor maneira possível para a partida de terça diante da Itália, em Zurique, mesmo sabendo que, se a Romênia derrotar os holandeses, franceses e italianos estarão eliminados.

"Nosso objetivo deve continuar sendo o título da Eurocopa", insistiu Henry, consciente das pequenas chances de classificação de sua equipe.

O atacante do Barcelona disse que a seleção não está disposta a ser eliminada na primeira fase. "Temos que ser positivos, apesar de ter sido duro perder de 4 a 1", insistiu.

"Certamente nosso jogo não valerá de nada se a Romênia vencer, mas temos de encarar da melhor forma possível", disse.

Quanto à possibilidade de o técnico holandês Marco van Basten escalar reservas contra a Romênia, já que a Holanda tem assegurado o primeiro lugar no grupo, Henry afirmou que os jogadores que estavam no banco na partida desta sexta-feira "também podem fazer a diferença".

Contra a Itália, Henry espera o retorno do volante Patrick Vieira, que ficou de fora dos dois primeiros jogos devido a uma lesão. "Ele é importante para nós e, se o conheço bem, sei que é capaz de atuar mesmo com dores", afirmou.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo