iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/06 - 13:24

Grécia e Rússia se enfrentam para esquecer estréia
Grécia e Rússia se enfrentam neste sábado às 15h45 (de Brasília), no Stadion Wals-Siezenheim, em Salzburgo, pela segunda rodada do grupo D da Eurocopa, tentando se recuperar das derrotas sofridas na estréia na competição.

Gazeta Esportiva

Antes do início da competição, as duas equipes vinham empolgadas e com a expectativa alta, já que os gregos são os atuais campeões da Eurocopa e os russos, sob o comando do experiente holandês Guus Hiddink, têm como base os times do Zenit e do CSKA Moscou, que conquistaram a Copa da Uefa em temporadas recentes.

No entanto, a estréia na competição foi decepcionantes para ambas. Enquanto os russos foram goleados pelos espanhóis por 4 a 1, os gregos perderam para a Suécia por 2 a 0.

Para esta segunda partida, a Rússia, que já vinha com problemas no ataque, se complicou ainda mais. Já sem poder contar com o lesionado atacante Pavel Pogrebnyak, que acabou cortado da Eurocopa, e com o suspenso Andrei Arshavin, Hiddink não sabe se o centroavante Roman Pavlyuchenko poderá jogar. Pavlyuchenko, autor do gol contra a Espanha, não vem treinando normalmente nos últimos dias e poderá dar lugar a Roman Adamov.

Já na Grécia, a incógnita é se Rehhagel irá avançar a equipe, optando por uma formação mais ofensiva com a entrada de Giannis Amanatidis no ataque, ao lado de Angelos Charisteas e Fanis Gekas, ou se manterá a tática defensiva que levou a seleção ao título da Eurocopa há quatro anos.

FICHA TÉCNICA
GRÉCIA X RÚSSIA


Local: Estádio Stadion Wals-Siezenheim, em Salzburgo (Áustria)
Data: 14 de junho de 2008, sábado
Horário: 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Roberto Rossetti (Itália)
Assistentes: Alessandro Griselli e Paolo Calcagno (ambos da Itália)

GRÉCIA: Nikopolidis; Seitaridis (Vyntra), Kyrgiakos, Dellas e Torosidis; Katsouranis, Basinas e Karagounis; Charisteas, Gekas e Amanatidis.
Técnico: Otto Rehhagel

RÚSSIA: Akinfeev; Anyukov, Shirokov, Ignashevich e Zhirkov; Semak, Zyrianov, Semshov e Bilyaletdinov; Sychev e Pavlyuchenko (Adamov).
Técnico: Guus Hiddink


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo