iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

13/06 - 11:27

Seleção diverge sobre favoritismo do Paraguai
Líder das Eliminatórias da Copa do Mundo, o Paraguai encara o Brasil neste domingo em Assunção sob desconfianças. Assim como o time canarinho, que vem de uma excursão insatisfatória pelos Estados Unidos, o rival sul-americano também tropeçou nos últimos amistosos, marcando apenas um gol em aproximadamente 450 minutos.

Gazeta Esportiva

Mesmo com a má fase do próximo adversário no qualificatório, que ainda não venceu em 2008, há na seleção quem considere os paraguaios favoritos no duelo deste domingo. O técnico Dunga já avisou que as duas seleções “dividem a responsabilidade da vitória”. Já o lateral-direito Maicon considera os anfitriões mais cotados à conquista dos três pontos.

“Eles são os líderes das Eliminatórias, que é uma luta muito difícil até a chegada do Mundial, jogam em casa e podem ser considerados os favoritos”, afirmou o jogador da Inter de Milão, enumerando as dificuldades que o time nacional terá que superar em Assunção.

“Nós teremos pela frente dificuldade por todos os lados: o torcedor, que vai apoiar o time da casa e fará pressão. Quanto ao time do Paraguai, eles vão partir para cima no começo do jogo e precisaremos ter tranquilidade para segurar a bola, reforçar a marcação e aos poucos sair para o jogo”, aconselhou.

Já o experiente Gilberto Silva, que briga por uma vaga no meio-campo, concorda que a pressão na casa do adversário será um empecilho, mas adota um tom mais otimista. “Eles terão a força da torcida pelo fato de jogar em casa, mas ao mesmo tempo temos jogadores acostumados a lidar com isso. Creio que não impedirá o nosso trabalho. Sabemos que na seleção é preciso dar 100% e ainda algo mais em busca da vitória”, discursou o volante.

Já Júlio Baptista, outro candidato a um lugar no meio, aposta que o Brasil dificultará a vida do Paraguai. “Eles têm certa vantagem, por jogar em casa e serem os líderes das Eliminatórias, mas nossa expectativa é de chegar lá e jogar de igual para igual. Treinamos durante toda a semana para irmos ao Paraguai com condições de mostrar o nosso futebol”, comentou.

Companheiro de Júlio Baptista no Real Madrid, o atacante Robinho não esconde a confiança e é um dos que acreditam na conquista dos seis pontos nos dois difíceis compromissos do time nesta rodada das Eliminatórias. Além do Paraguai, o Brasil encara a Argentina na próxima quarta-feira, no Mineirão.

“É o que eu sempre digo quando estou na seleção brasileira. Pela qualidade de nossa equipe temos todas as condições de ganhar estes seis pontos, com todo respeito aos nossos próximos dois adversários”, afirmou. Já o volante Josué diminui a euforia.“A cautela será muito importante, pois jogaremos no Paraguai. Primeiro vamos nos preocupar com o setor defensivo para depois atacar”, receitou.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo