iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

13/06 - 20:52

Lusa e Furacão duelam para manter alegria e embalar
A última rodada do Campeonato Brasileiro não poderia ter sido melhor para Portuguesa e Atlético Paranaense. A equipe paulista conseguiu sua primeira vitória ao vencer o Internacional de virada por 3 a 1.

Gazeta Esportiva

Já os curitibanos massacraram o Goiás por 5 a 0. A manutenção da felicidade e tranqüilidade conquistadas, entretanto, passa pelo duelo entre ambos marcado para este sábado, às 18h20, no Canindé.

Os donos da casa, que iniciam esta sexta rodada em 14º lugar com cinco pontos, não escondem o alívio que o primeiro triunfo trouxe ao grupo. Os jogadores, entretanto, sabem que a pressão pode retornar se tropeçar em casa. A zona de rebaixamento ainda está próxima do time rubro-verde.

Por isso, a ordem é não vacilar. “Temos mais um jogo dentro de casa e vamos nos esforçar para termos o mesmo desempenho que tivemos contra o Internacional”, ponderou Preto.

O meia fala como um dos que tem lugar garantido na equipe de Vágner Benazzi. Assim como nas três últimas rodadas, o técnico fez treinos secretos e esconde a escalação até momentos antes da partida. Mas prepara novidades. A principal deve ser a estréia do volante Gavilán, ao lado de Dias. No ataque, Christian, sem marcar desde 11 de maio e contestado pela torcida, pode ceder sua vaga a Washington, que estreou bem no domingo com um gol e um pênalti sofrido.

Se no setor ofensivo reside o único ponto de interrogação, a defesa é a mesma. E, diante dos atleticanos, a missão é anular as bolas paradas rivais. “O Atlético é um time de toque de bola e muito forte na bola aérea. Tem um jogador que cobra muito bem as faltas, que é o Netinho”, apontou o lateral-direito Patrício.

Além do meio-campista, a preocupação é com o poder de marcação rubro-negro. “Eles têm bom jogadores como o Alan Bahia e o Danilo. Precisamos ter a atenção redobrada”, recomendou André Luís, que já defendeu a camisa do Furacão. “Sabemos que se trata de uma boa equipe e que marca muito forte. Temos que igualar a pegada deles para sair com a vitória”, continuou Preto.

Pelo Furacão, o técnico Roberto Fernandes ganhou um desfalque de última hora. O goleiro Vinícius está com uma lombalgia e ficará em tratamento. Com isso, Galatto deve finalmente fazer sua estréia com a camisa rubro-negra. O volante Chico, que se recuperou de uma lesão no nariz e ficaria à disposição, sentiu o tornozelo e também está fora. No restante do grupo, todos liberados.

Boa notícia para o treinador atleticano, que mais uma vez deve aproveitar o momento de fartura de jogadores para mudar o esquema. Depois de surpreender com o 4-3-3 diante do Goiás, que saiu de campo com cinco gols na bagagem, agora o 4-4-2 deve ser escolhido para pegar a Lusa. Com isso, Marcelo Ramos e William devem formar a dupla de ataque.

No meio, a novidade deve ser o colombiano Ferreira, que retornou após empréstimo ao futebol árabe e reassume sua condição de titular. Mudança à vista também na lateral-esquerda, onde Márcio Azevedo briga com Michel e Piauí pela vaga. O jogador chegou no início da semana vindo do Fortaleza e vive a expectativa de estrear.

“Espero mostrar o meu futebol aqui no Atlético. Estou em um clube grande e vou trabalhar para fazer boas atuações como estava tendo no Fortaleza”, garantiu o jogador, que espera mostrar suas qualidades na prática. “Sempre tive muita velocidade e toque de bola. Estou pronto para sábado se o Roberto precisar de mim”, finalizou.

FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA X ATLÉTICO-PR

Local:
Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 14 de junho de 2008, sábado
Horário: 18h20 (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Jesmar Benedito Miranda de Paula e Flávio Gilberto Kanitz (ambos de GO)

PORTUGUESA: André Luís; Patrício, Bruno Rodrigo, Halisson e Bruno Recife; Dias, Gavilán, Preto e Edno; Diogo e Christian (Washington)
Técnico: Vágner Benazzi

ATLÉTICO-PR: Gallato; Nei, Antônio Carlos, Rhodolfo e Márcio Azevedo (Piauí); Valencia, Alan Bahia, Netinho (Pimba) e Ferreira; William e Marcelo Ramos
Técnico: Roberto Fernandes

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo