iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

13/06 - 15:02

Itália segura empate com Romênia, mas se complica na Euro
O ‘grupo da morte’ da Eurocopa está prestes a fazer sua primeira vítima: nada menos que a Itália. Nesta sexta-feira, a atual campeã mundial conseguiu um bravo empate com a Romênia por 1 a 1.

Gazeta Esportiva

No entanto, a Squadra Azzurra não conseguiu se reabilitar da derrota por 3 a 0 para a Holanda na primeira rodada do Grupo C, e depende agora de uma combinação de resultados para passar para as quartas-de-final.

A Itália esteve bem próxima de dar adeus à competição, a exemplo do que aconteceu na edição de 2004 do torneio continental, em Portugal. Além de ter permitido que os romenos abrissem o placar no segundo tempo, os comandados de Roberto Donadoni ainda sofreram um pênalti a pouco mais de dez minutos do fim do jogo. No entanto, o goleiro Gianluigi Buffon defendeu e evitou uma catástrofe antecipada.

O resultado complica, mas ainda não elimina as duas seleções na chave. Ambas torcem para uma vitória da Holanda (três pontos, saldo positivo de três) sobre a França (um ponto, saldo zero) no segundo jogo da segunda rodada, ainda nesta sexta. No entanto, a Itália ainda pode se classificar na próxima rodada, com uma combinação de resultados.

A nota triste da partida fica por conta da lesão do volante romeno Mirel Radoi, que deixou o jogo ainda aos 20 minutos do primeiro tempo. Radoi se chocou com seu companheiro Razvan Rat, e desabou no chão. Rat ganhou um corte profundo na testa, mas continuou em campo; o volante, porém, precisou sair de campo de maca, cedendo a vaga para Nicolae Dica.

Precisando do resultado, a Itália começou o jogo partindo para cima. Nos primeiros quatro minutos, a Azzurra criou pelo menos quatro boas chances – na melhor delas, aos oito minutos, o veterano Alessandro del Piero recebeu lançamento de Mauro Camoranesi na entrada da área, trocou passes com Simone Perrotta e colocou perto da trave do goleiro romeno Bogdan Lobont.

No entanto, os romenos decidiram sair de trás e começaram a se arriscar no campo de ataque, principalmente com chutes de longe. Ao 15, Adrian Mutu bateu da entrada da área e parou em Gianlugi Buffon. Dois minutos depois, Gabriel Tamas cobrou falta e obrigou o goleiro da Itália a fazer boa defesa no canto. Depois, aos 19, Cristian Chivu bateu falta que desviou na defesa italiana e bateu na trave.

Os comandados de Victor Piturca conseguiram mais duas oportunidades, em cruzamento de Petre aos 22 e chute de Rat aos 28. A Itália, porém, retomou o controle da partida com outras duas boas chances. Primeiro, em bola que Luca Toni arruma para Perrotta e Paul Codrea intercepta. Depois, em gol do próprio Toni nos acréscimos, que a arbitragem anula alegando impedimento.

O segundo tempo, porém, começou movimentado. Aos nove minutos, a Romênia abre o placar com Mutu, que bateu para marcar após receber o ‘passe’ de Gianluca Zambrotta, que tentou cortar o cruzamento e cabeceou para trás. Porém, dois minutos depois, os italianos empataram após escanteio pela esquerda. Giorgio Chiellini escorou no segundo pau de cabeça e preparou para Christian Panucci, que empurrou para o gol.

A reação rápida assustou a seleção dos Cárpatos, que só voltou a assustar aos 23 minutos, em chute de Niculae que sobrou para Nicolita – a zaga, porém, travou. Na resposta, a Itália voltou a sufocar com Luca Toni, que arruma para a conclusão defendia de De Rossi aos 29, e armou boa jogada aos 32. A Romênia ainda teve um pênalti aos 35, mas Buffon defendeu o chute de Mutu e evitou a eliminação certa.

O resultado, no entanto, adiou a agonia italiana para terça-feira, quando o time encerra sua participação na primeira fase. Às 15h45, em Zurique, Itália e França repetem a final da última Copa do Mundo, em jogo que os Luca Toni e companhia precisam golear para pensarem em classificação. No mesmo dia e horário, a Holanda pega a Romênia em Berna, em partida igualmente fundamental para a classificação do grupo.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo