iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

13/06 - 17:48

Holanda goleia França e é líder classificado no grupo da morte

Com a vitória por 4 a 1, holandeses garantem a classificação em primeiro lugar no grupo C

Gazeta Esportiva

O grupo da morte já tem o seu classificado e o seu líder com uma rodada de antecedência. A Holanda, que já havia vencido bem a Itália, desta vez bateu a França com uma excelente goleada por 4 a 1 e carimbou sua vaga como melhor colocada do grupo nas quartas-de-final.

O resultado deixa a equipe laranja com seis pontos, sem poder ser alcançada por italianos, romenos e franceses. Les Bleus, em compensação, se complicaram. Com apenas um ponto, o time de Raymond Domenech precisa vencer a Itália na última rodada e torcer para que a Romênia não vença os holandeses.

O jogo – O cenário dos primeiros minutos diante dos franceses foi o mesmo que a Holanda encontrou na vitória por 3 a 0 sobre a Itália: um adversário todo em seu campo, à espera de falhas do time laranja para definir a partida. Assim como a Azzurra, Les Bleus foram punidos com um gol no início.

Em uma das descidas rápidas ao ataque, Kuyt conseguiu um escanteio para o time de Van Basten. Na cobrança, Ooijer desviou na primeira trave e o atacante do Liverpool se antecipou a Malouda, aniversariante do dia, para testar sem chances para Coupet e abrir o placar.

Se sofrer um gol tão cedo não estava nos planos do técnico Raymond Domenech, a escalação de sua equipe dificultava a missão azul. O time tinha apenas Henry no ataque auxiliado por Ribéry, que não cansava de se movimentar e abrir espaços. Os dois, no entanto, não eram suficientes para o empate.

O ataque estava mal e a Holanda ainda criou algumas chances de ampliar. A principal delas com Kuyt, aproveitando falha de Thuram. Mas o atacante bateu por cima. O lance acordou os franceses e, principalmente, Govou, que apareceu mais para o jogo.

Com o seu camisa 10 mais ligados, a equipe azul teve boas chances. Porém, tanto o meia quanto Henry e Ribéry, ao acertarem bons chutes, viam Van der Sar fazer uma boa partida com defesas seguras. Para completar, os laranjas trocavam passes com a bola no pé.

A estratégia segurou a vitória parcial no primeiro tempo. Na volta do intervalo, Van Basten deu mostras do que pretendia: escalou o rápido Robben no lugar de Engelaar. Os contra-ataques holandeses, que mataram o jogo contra a Itália, eram novamente a aposta.

Antes disso, entretanto, os laranjas tinham que segurar os franceses. Mesmo sem alterações, a equipe bicampeã européia voltou pressionando e teve duas ótimas oportunidades. Na primeira, após bate-rebate na área, Govou bateu de fora, Oiijer salvou em cima da linha e, no rebote, Henry voltou a acertar o zagueiro, pedindo toque de mão. Pouco depois, Ribéry invadiu a área e obrigou Van der Sar a fazer mais uma boa defesa.

Porém, se os franceses estavam perto de empatar, mais uma vez a Holanda foi fatal com suas descidas rápidas. Aos 13 minutos, Van Nistelrooy puxou contra-ataque e lançou Robben na direita. O atacante qentrou na área e rolou para Van Persie, que havia acabado de substituir Kuyt, aparecer livre e empurrar para o gol.

Os franceses se desesperam e foram ainda mais para o ataque. Depois de Ribéry ter obrigado Van der Sar a intervir bem mais uma vez, o primeiro gol saiu. Sagnol desceu pela direita e cruzou rasteiro na área. Com um leve toque, Henry desviou e descontou, aos 25 minutos.

A comemoração azul, entretanto, durou apenas alguns segundos. Mais uma vez em velocidade, Robben entrou na área pela direita, limpou Thuram e, sem ângulo, fez um lindo gol com chute forte no gol de Coupet.

O desespero da equipe de Domeneceh só aumentava. Para piorar, todas as tentativas continuavam bloqueadas pela ótima postura da zaga holandesa. No ataque, o rápido time de Van Basten continuava assustando. Desta maneira, a goleada foi selada com chave de ouro.

Aos 46 minutos, Sneijder dominou na entrada da área, girou sobre a marcação e acertou um chute no ângulo de Coupet. Um golaço que brindou o ótimo desempenho laranja nas duas primeiras rodadas do grupo da morte e deu a classificação ao time.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo