iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

12/06 - 17:50

Grupo tricolor ressalta importância do 'reserva' Richarlyson
Eleito para a seleção do Campeonato Brasileiro do ano passado, o volante Richarlyson já não tem a condição de intocável no São Paulo. No coletivo desta quinta-feira no CT da Barra Funda, o jogador ficou apenas na equipe reserva e, portanto, deve ficar no banco de reservas no confronto contra o Flamengo, no Maracanã.

Gazeta Esportiva

Mesmo assim, a ordem no grupo tricolor é dar apoio para o companheiro resgatar o antigo futebol.

'É uma decisão do Muricy. Se hoje ele não está no time, amanhã pode ser importante. O Richarlyson é um jogador de seleção brasileira, sabemos de sua qualidade. Todos estão dispostos a ajudar para que ele dê a volta por cima', disse o atacante Borges.

Em 2008, o principal problema de Richarlyson é o nervosismo dentro de campo. Abusando nas jogadas bruscas e nas reclamações com a arbitragem, o jogador já foi expulso três vezes na temporada e deixou o São Paulo em situação complicada em compromissos importantes.

O mais recente cartão vermelho aconteceu no clássico contra o Santos, pelo Campeonato Brasileiro. Com um a menos e ainda prejudicado pela contusão de Zé Luis, que atuou no sacrifício nos minutos finais, a equipe do Morumbi sofreu para segurar o empate sem gols na Vila Belmiro.

'Eu vivi essa fase em 2006, tive duas expulsões consecutivas. Aí perdi a posição com a chegada do Miranda', lembrou o zagueiro Alex Silva, lembrando da forte concorrência dentro do elenco do time bicampeão brasileiro.

Nesta hora de grande cobrança, o grupo são-paulino sabe que Richarlyson precisa de um tempo para colocar a cabeça no lugar. 'É o momento de tranqüilidade. Ele vai ganhar uma oportunidade de voltar. O Muricy é experiente, vai dar uma poupada nele. As críticas estão sendo fortes', analisou Alex Silva.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo