iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

12/06 - 02:42

Dirigente vê título escapar por detalhes e defende elenco
A derrota na decisão da Copa do Brasil para o Sport parece não ter abalado a confiança da diretoria do Corinthians no elenco. O vice-presidente de futebol do clube, Mário Gobbi Filho, acredita que não faltou dedicação e nem sacrifício neste segundo jogo da final da Copa do Brasil.

Gazeta Esportiva

Na visão do dirigente, o resultado negativo aconteceu porque o Timão não acertou apenas alguns detalhes, o que não prejudica a seqüência do trabalho de Mano Menezes à frente da equipe do Parque São Jorge.

“Não faltou dedicação nem esforço, esse grupo é esforçado e coeso. Desde o início do ano, eu sempre digo que temos um elenco de homens que têm compromisso com o Corinthians. É o que eu disse a todos os jogadores. Mas faltou um detalhe para ganharmos. Isso nós temos que acertar. Mas temos que continuar esse trabalho, que vem dando certo”, afirmou Gobbi, único dirigente alvinegro a se pronunciar na Ilha do Retiro.

Além de defender o elenco, o dirigente aproveitou para reiterar o protesto do Timão em torno da polêmica da semana entre os dois clubes finalistas: a venda de ingressos para o duelo final da Copa do Brasil.

“Temos que ressaltar que dois diretores do Sport trataram a questão dos ingressos na final como uma molecagem, mas isso é uma coisa pequena, eles não precisavam disso. Não são mil torcedores de um lado ou de outro que dão um título a uma equipe. Por isso, a diretoria do Sport se queimou por picuinha. Foi uma conduta antiética com o Corinthians e com o desporto nacional, além de desonestidade com o povo brasileiro”, concluiu o dirigente, que, durante toda a sua entrevista, teve de ouvir as provocações dos torcedores do Sport que se posicionaram próximos à área de saída da delegação corintiana.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo