iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/06 - 15:02

Portugal vence checos por 3 a 1 e se aproxima das quartas
A seleção de Portugal está muito próxima de assegurar sua vaga para as quartas-de-final da Eurocopa de 2008. Nesta segunda-feira, jogando na Suíça, os atuais vice-campeões da competição conseguiram sua segunda vitória em dois jogos pelo Grupo A, batendo a República Tcheca por 3 a 1 e chegando aos seis pontos dentro da chave.

Gazeta Esportiva

Os checos bem que tentaram dificultar o jogo na primeira etapa, mas não conseguiram segurar o time de Luiz Felipe Scolari após o intervalo. Mesmo assim, a República Tcheca ainda tem chances de se classificar para as quartas do torneio europeu, caso vença seu jogo da terceira rodada da primeira fase.

Inicialmente melhor, Portugal não esperou muito e abriu o placar logo aos sete minutos. Cristiano Ronaldo entrou na área, passou com dificuldades pela zaga e parou no goleiro Petr Cech. A bola sobrou para Deco, que, também com dificuldades, pegou a sobra na esquerda e arrematou para tirar o zero do placar.

Os checos, no entanto, igualmente não demoraram para reagir. Primeiro com Jankulovski, que recebeu passe em jogada ensaiada, entrou na área pela direita e bateu para o gol de Ricardo – a bola passou rente à trave. Depois, com Sionko, que subiu sozinho para cabecear após cobrança de escanteio e empatou a partida, aproveitando-se da bobeada generalizada da defesa lusitana.

Os gols do primeiro tempo foram um resumo dos primeiros 45 minutos do jogo. Com Simão Sabrosa apagado, Portugal dependia das jogadas individuais de Deco e Cristiano Ronaldo, embora Petit e Bosingwa chegassem para apoiar. Já a República Tcheca tentava chegar ao gol do português Ricardo apenas a partir dos cruzamentos de Plasil para Baros e Sionko. Os dois lados, porém, com pouca precisão.

Após o intervalo, os comandados de Luiz Felipe Scolari voltaram mais ofensivos, criando pelo menos três boas chances nos primeiros 15 minutos. Os checos tentaram respirar na cobrança de escanteio, mas Cristiano Ronaldo não permitiu e colocou novamente os lusos em vantagem aos 17. Após jogada de Deco pela esquerda, o astro do Manchester United recebeu o passe na entrada da área e bateu para o gol.

Após sofrer o segundo gol, os checos começaram a apostar no setor ofensivo, sacando Matejovski e Galasek para a entrada de Vlcek e Koller – no entanto, as mudanças não surtiram efeito, e o jogo ficou trancado no meio-campo. Com menos resistência, Portugal tentava chegar, mas parava nas marcações de impedimento. Os checos tentavam responder ainda na bola aérea, como na cabeçada desmarcada de Sionko aos 37 minutos que Ricardo espalmou para escanteio.

Aos 43, o time de Karel Brückner ainda teve uma chance confusa na área de ataque, mas a zaga de Portugal afastou. Para piorar, Cristiano Ronaldo puxou o contra-ataque pela direita e, sem marcação, tocou para Ricardo Quaresma empurrar sozinho para o gol, marcando o terceiro dos rubro-verdes e matando o jogo.

Com o resultado, os vitoriosos portugueses tentam assegurar sua quase certa vaga nas quartas-de-final em partida no domingo contra a anfitriã Suíça, a partir das 15h45 (horário de Brasília), em Basiléia. Nos mesmos dia e horário, em Genebra, a República Tcheca mede forças com a Turquia para definir os classificados do Grupo A.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo