iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/06 - 13:00

Anfitriã Áustria tem jogo decisivo contra Polônia na Eurocopa
Derrotada em sua estréia na Eurocopa, a seleção da Áustria tem uma partida decisiva nesta quinta-feira no estádio Ernst Happel de Viena, às 15h45 de Brasília, contra a Polônia. Os poloneses também perderam seu primeiro jogo na competição. Por isso, só a vitória interessa às duas equipes para manter chances de classificação às quartas-de-final.

EFE

"É tudo ou nada. Temos que ganhar e o mesmo vale para os poloneses. Vamos ver o quanto as duas equipes querem arriscar, que é o mais forte e quem tem mais sorte", disse o técnico austríaco Josef Hickersberger, criticado pela imprensa local por não ter feito a Áustria jogar de maneira mais ofensiva durante boa parte da partida de estréia contra a Croácia.

Os austríacos tentaram, mas não conseguiram se recuperar do gol de pênalti marcado pelo croata Luka Modric logo aos três minutos, que deu a vitória à sua seleção no último domingo.

O meia-atacante Umit Korkmaz, que entrou bem na partida contra os croatas, deverá ser titular no lugar de Roland Linz. Já o veterano Ivica Vastic, que também teve boa atuação vindo do banco de reservas, ainda não foi confirmado na equipe. Os austríacos querem ainda quebrar um jejum de não vencer a Polônia desde 1994. Nos dois últimos jogos, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2006, os poloneses venceram dentro e fora de casa.

Derrotada pela Alemanha por 2 a 0 na estréia na competição, a Polônia deverá contar desde o início com o brasileiro naturalizado Roger Guerreiro como principal armador da equipe, no lugar do capitão Maciej Zurawski, lesionado.

O atacante Ebi Smolarek afirmou que a equipe não se sente pressionada após a derrota para os alemães. "Queremos ganhar por nosso país e por nós mesmos. Em um torneio assim sempre há pressão, mas acho que enfrentamos bem", disse Smolarek.

Já o técnico Leo Beenhakker acredita que os austríacos não deverão correr muitos riscos ofensivos. O holandês disse hoje, em entrevista coletiva, que não espera que os austríacos sejam muito ofensivos. "Meu amigo Hickersberger é realista. Ele sabe o que sua equipe pode fazer e o que não pode. E sabe que precisará de 90 minutos para vencer a partida", afirmou.

Jacek Bak, o capitão polonês, foi cauteloso ao afirmar que a "Áustria é uma equipe sem estrelas, mas muito compacta". Em todo caso, os poloneses esperam receber um forte apoio dos milhares de torcedores vindos de seu país ou residentes na capital austríaca. "Dez mil poloneses podem ser tão barulhentos quanto 50 mil torcedores de outro país", disse Bak, que atua pelo Austria Viena.

Prováveis escalações:

Áustria: Macho; Prödl, Stranzl e Pogatetz; Garics, Leitgeb, Ivanschitz, Aufhauser e Korkmaz; Kienast e Hoffer. Técnico: Josef Hickersberger.

Polônia: Boruc; Wasilewski, Zewlakow, Bak e Wawrzyniak; Dudka, Lewandowski, Lobodzinski, Roger Guerreiro e Krzynowek; Smolarek.

Técnico: Leo Beenhakker.

Árbitro: Howard Webb (ING), auxiliado por seus compatriotas Darren Cann e Michael Mullarkey.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo