iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/06 - 10:39

Jogadores saem em defesa de Adilson Batista
Após a vitória de 1 a 0 sobre o Vasco, o técnico do Cruzeiro se mostrou visivelmente irritado com parte da torcida. Adilson Batista foi vaiado e chamado de burro ao colocar Jonathan no lugar de Jadílson.

Gazeta Esportiva

O objetivo da substituição era deslocar Marquinhos Paraná para a lateral esquerda para melhorar a marcação sobre Wagner Diniz, já que o Cruzeiro vencia a partida.

Assim que terminou a partida, na entrevista coletiva à imprensa, o técnico fez duras críticas a quem vaiou o time. Segundo ele, estas reclamações não atingem o treinador, e sim os jogadores que estão em campo.

“A torcida tem que ficar do nosso lado, como está fazendo. Mas a gente precisa do Jonathan, do Adílson, precisa do Jadílson, enfim, de todo mundo. Tem que deixar o Adílson mais à vontade, cobrar na hora certa, a gente pede isso”, endossa o volante Charles.

Já o atacante Guilherme faz questão de frisar que a crítica não é de todos. “Acho que é uma parte muito pequena. O torcedor de verdade está satisfeito, está feliz. Quando ele vê pela TV, ele vê o time lá em cima”, opina.

Pelos números, as vaias ao treinador são injustificadas. No Cruzeiro desde o início da temporada, Adilson Batista disputou 31 partidas, incluindo o amistoso contra o América-MG, disputado com os reservas. Foram 21 vitórias, seis empates e quatro derrotas, com a conquista do Campeonato Mineiro e a liderança do Brasileirão, ao lado do Flamengo.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo