iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/06 - 13:18

Felipão evita falar sobre seu destino após Eurocopa
O brasileiro Luiz Felipe Scolari, técnico de Portugal, não quis fazer comentários sobre seu destino após o dia 30 de junho, quando acaba o seu contrato com a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

EFE

"Eu vivo em qualquer lugar do mundo e estou preparado para qualquer coisa", disse.

Na coletiva de imprensa, Felipão disse que vai escalar contra a República Tcheca a mesma equipe que entrou em campo na estréia da equipe na Eurocopa de 2008.

"Não há motivo para mudar", disse o técnico, para quem a sua "equipe ideal tem 23 jogadores".

"Quando fui campeão do Mundo com o Brasil em 2002, só dois jogadores não entraram em campo no torneio. Na Eurocopa 2004, já com Portugal, só três não jogaram. No Mundial 2006, também foram três ou quatro. Por necessidade, todos são importantes", acrescentou.

O técnico garantiu que respeita os tchecos, mas disse que Portugal vai impor seu estilo na partida.

"Eles têm uma equipe muito forte fisicamente, mas nós temos um estilo e não podemos mudá-lo de acordo com o rival", afirmou.

Sobre as chances de título, Felipão disse que há "três ou quatro seleções melhores que Portugal".

"A Holanda jogou muito bem contra Itália, mas outras equipes também jogaram em um nível muito alto", concluiu. EFE cta/plc

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo